Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397
VEÍCULOS MS

Veja que fazer quando a pintura do carro é riscada

Ao contrário do que muitos pensam, a pintura do carro não é apenas estética. Ela serve também para proteger a lataria de oxidação

19 março 2021 - 06h00Por ig Delas

Arranhões e amassados podem ir desde algo mais superficial, até danos mais severos à pintura automotiva

Todos os motoristas estão sujeitos a uma batida no carro da frente, uma raspada na hora de manobrar, ou até a um erro de cálculo. Ainda que, a princípio a, pintura automotiva seja algo estético, ela serve de proteção para a lataria do carro. Formada por três camadas (primer, tinta e verniz), ajuda a isolar a oxidação. Por isso, o reparo da área danificada pelo acidente acaba se tornando imprescindível. 
 

Uma forma de identificar a gravidade do problema é passando o dedo sobre o local para ver se há profundidade. Quanto menos for possível sentir a diferença de textura, mais superficial e fácil será remover o risco da pintura automotiva .

Caso o risco tenha profundidade é um sinal de que o primer foi atingido, ou seja, a última camada da pintura. Neste caso, o simples polimento não será o suficiente para resolver o problema, sendo necessário contratar um profissional especializado para refazer a pintura da peça.

Já em riscos superficiais, o uso de cera ou massa para polimento, por exemplo, podem ser o bastante para deixar o carro como novo. “A pintura do carro age como uma camada protetora e, quando danificada, pode acontecer a oxidação do local, provocando danos ainda maiores à lataria do carro”, destaca o CEO da startup de orçamentos automotivos BateClick, Gustavo Lima.

Divulgação

Exemplo de corrosão na lataria do carro, quando o verniz já não protege mais contra oxidação

“Na maioria das vezes, quando os arranhões atingem apenas o verniz, um polimento pode ser o suficiente para remover o risco”, completa. Em casos mais delicados será preciso consultar um especialista em funilaria ou pintura automotiva para avaliar o local danificado e apresentar um diagnóstico da melhor forma de recuperar o veículo após um arranhão.

“Além dos reparos relacionados à pintura, por exemplo, talvez seja preciso fazer pequenos reparos na funilaria. Por isso, qualquer tentativa de improviso pode piorar e o custo para reparar será ainda maior”, avalia o especialista.

Nos últimos quatro meses, a BateClick registrou um aumento de 25% no número de solicitações de pequenos e médios reparos automotivos. “O momento foi oportuno para o motorista, porque pode-se aproveitar para fazer aquele pequeno reparo na pintura automotiva  no veículo que sempre era adiado”, ressalta o CEO da startup.

 

Leia Também

VACINAÇÃO
Presos indígenas e idosos são imunizados contra a Covid em duas cidades de MS
Mulher é encontrada morta com ferimento de faca na cabeça
CAMPO GRANDE
Mulher é encontrada morta com ferimento de faca na cabeça
ATENTADO
Morador de rua é ferido a tiros em bairro da Capital
FUTEBOL
Palmeiras e Atlético-MG estreiam hoje pela Libertadores
MP reitera pedido de multa por descumprimento do Plano de Biossegurança no transporte público
CAMPO GRANDE
MP reitera pedido de multa por descumprimento do Plano de Biossegurança no transporte público
DOURADOS
Segunda dose da vacina contra Covid será aplicada hoje no Centro de Convivência do Idoso
DOURADOS
Grupo receberia comissão se conseguisse negociar carga de maconha no Água Boa
HOMENAGEM
Novo prédio do DOF receberá nome de coronel Adib Massad, após proposição de Neno Razuk,
DOURADINA
Após surtar, homem tenta se matar e ateia fogo na casa onde mora
DOURADOS
Ladrão invade alojamento do Hospital da Vida e leva pertences de enfermeiras

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados