Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
VEÍCULOS MS

Saiba como manter a bateria do carro sempre em dia

Carregador portátil bivolt se mostra útil para evitar que o veículo fique sem energia elétrica

21 junho 2021 - 06h00Por iG Delas

Em épocas de isolamento social onde o carro fica mais na garagem, é natural que a bateria do veículo seja submetida a perda de sua carga e isso se redobra em época mais frias do ano, onde ela é mais exigida. 

E foi pensando dessa maneira que a Luxcar resolveu lançar o Carregador de Bateria Eletrônico 12V (com 14v / 16w de potência) que foi desenvolvido para manter ou carregar o nível de carga da bateria do seu carro. Inteligente, o aparelhinho possui proteção contra curto-circuito e inversão de polaridade. 

De acordo com a empresa que comercializa o produto, ele carrega a bateria em uma velocidade de 1 ampere por hora, dependendo do caso, seu carro volta a dar partida em menos de 30 minutos . Outro grande diferencial do produto é que ele é portátil e pode ser até guardado no porta-luvas do seu carro, além de funcionar na tomada da sua casa ou trabalho (127/220V). 

De olhos nessas vantagens, resolvemos “tirar a prova dos nove” e ver se realmente o produto funciona. Para essa matéria, convidamos a técnica Erika Santos da Elite Baterias . Mas é importante frisar que ele só carrega com tensões acima de 9V e, antes do uso, desconectar o cabo negativo do polo para evitar panes no sistema elétrico.

A especialista Erika separou quatro exemplares com tensões médias iniciais de 11,40V, e, após seguir as recomendações e com o tempo médio de 12 horas, o LED 1 acendeu na cor verde, indicando carga completa (13,28V), comparado a um testador de bateria da loja.

“Dependendo, é possível que o carro volte a dar partida em menos de meia hora, tal como descrito na embalagem, mas, dificilmente, vai carregar em 100%. O ideal deste carregador é usar apenas para manter a carga da bateria em dia, muito útil para carros que costumam ficar mais tempo na garagem”, explica a especialista. 

 “Nesse intervalo, notei que o dispositivo esquentou , então, por precaução, interrompi o teste até esfriar para dar continuidade. Pode ser que carregue em menos tempo, ou em até 30 minutos, mas tudo vai depender das condições”. 

Homologado pelo Inmetro , possui proteção contra curto-circuito, inversão de polaridade e corte eletrônico de energia, para quando a carga estiver completa, ele desligar automaticamente. No entanto, é preciso ter o bom senso de não instalar acessórios que consumam mais, ou deixar a bateria descarregar para depois usá-lo, conforme especialistas alertam. 

Vendido por R$ 140 , o único ponto negativo é o tamanho do cabo (1,20 m) que dificilmente alcançará uma tomada e da corrente de apenas 1A por hora. Além do carregador, você precisará ter uma extensão para conectá-lo à tomada mais próxima da garagem da sua casa, prédio ou escritório. 

 

Leia Também

IVINHEMA
Homem tem fratura exposta ao ser prensado entre dois caminhões
PANDEMIA
Dourados conta com 104 pessoas em isolamento por coronavírus
Mulher de 50 anos morre após acidente na rodovia BR-163
RIO BRILHANTE
Mulher de 50 anos morre após acidente na rodovia BR-163
TRÊS LAGOAS
Durante confraternização, homem espanca ex-namorada com socos
CAMPO GRANDE
Prova objetiva do concurso da guarda civil será neste domingo
Autoridades apreendem 800 kg de alimentos impróprios para consumo
DADOS FINANCEIROS
Terceira fase do open banking será integrada ao PIX
JUSTIÇA
Casal que vendeu L-200 alugada por R$ 40 mil ganha liberdade
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende mais de 150 pessoas em Novo Horizonte do Sul
Homem vai visitar o pai e o encontra morto no interior de residência

Mais Lidas

DOURADOS
Morto durante o trabalho em fazenda tinha 26 anos
ACIDENTE DE TRABALHO
Maquinário cai e mata trabalhador em fazenda entre Dourados e Itahum
24 HORAS DE VACINA
Dourados terá 'viradão' da vacina para aplicar doses em cinco grupos
REGIÃO
Casal precisa ser socorrido após carro quase ser "engolido" pela chuva