Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397
VEÍCULOS MS

É possível blindar um carro elétrico?

05 abril 2021 - 10h47Por Auto Esporte

Sim, mas são precisos cuidados extras na hora de aplicar a proteção. Por outro lado, algumas características dos materiais usados na blindagem podem até beneficiar o veículo elétrico. A proteção, inclusive, já está sendo aplicada nesses carros no Brasil: a Stuttgart, que tem uma rede de concessionárias Porsche, vende o Taycan com proteção à prova de balas feita pela empresa BSS.

"O mais importante é que o sistema de alta tensão deve ser desligado antes de começar o desmonte da cabine, necessário para colocação da blindagem", explica Marcelo Fonseca, líder de vendas para a América Latina da DuPont. A multinacional detém a patente do Kevlar, nome comercial da poliamida aromática, um dos materiais mais importantes na blindagem do veículo.

O processo de blindagem exige a desmontagem parcial do veículo — Foto: GR Blindados

Essa desativação geralmente é feita pela concessionária antes da entrega do carro à blindadora, mas o processo também pode ser feito pela empresa que irá aplicar a proteção balística. Esta etapa adicional, porém, aumenta o custo da blindagem e inclui um pequeno dificultador: como o carro não pode mais ser ligado, seu deslocamento durante a colocação das proteções passa a ser feito sobre pequenos suportes com rodas, com funcionários empurrando a carroceria na linha de montagem.

Um ponto crítico nos elétricos e híbridos é a condutividade da carroceria, mas neste ponto a blindagem é até benéfica. "O Kevlar não conduz eletricidade, e também é usado como isolante em algumas aplicações", continua Fonseca. A proteção balística adiciona outra vantagem aos carros: ela é autoretardante de chamas, ou seja, o fogo não consegue se propagar pelo material se não houver outro combustível para alimentá-lo.

Essa característica é especialmente útil considerando que o fogo nas baterias de íon-lítio é extremamente perigoso e de difícil controle. Mas os acumuladores de energia não recebem proteção especial nas blindagens mais comuns. "As baterias normalmente ficam no assoalho do carro, onde não é aplicada proteção. Esse tipo de blindagem é mais comum em outros mercados, como México e Oriente Médio, onde existem proteções específicas para minas e granadas", conclui Fonseca.

Fora o processo de desligamento e religamento do carro antes e depois da blindagem, o processo em si pouco difere de veículos convencionais. Há apenas um cuidado redobrado com a questão do peso, já que os vidros, chapas e mantas de proteção podem adicionar mais de 200 kg à massa do carro — que naturalmente já é maior em um modelo elétrico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VACINAÇÃO
Presos indígenas e idosos são imunizados contra a Covid em duas cidades de MS
Mulher é encontrada morta com ferimento de faca na cabeça
CAMPO GRANDE
Mulher é encontrada morta com ferimento de faca na cabeça
ATENTADO
Morador de rua é ferido a tiros em bairro da Capital
FUTEBOL
Palmeiras e Atlético-MG estreiam hoje pela Libertadores
MP reitera pedido de multa por descumprimento do Plano de Biossegurança no transporte público
CAMPO GRANDE
MP reitera pedido de multa por descumprimento do Plano de Biossegurança no transporte público
DOURADOS
Segunda dose da vacina contra Covid será aplicada hoje no Centro de Convivência do Idoso
DOURADOS
Grupo receberia comissão se conseguisse negociar carga de maconha no Água Boa
HOMENAGEM
Novo prédio do DOF receberá nome de coronel Adib Massad, após proposição de Neno Razuk,
DOURADINA
Após surtar, homem tenta se matar e ateia fogo na casa onde mora
DOURADOS
Ladrão invade alojamento do Hospital da Vida e leva pertences de enfermeiras

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados