Menu
Busca segunda, 14 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Vereador denuncia caos no atendimento à saúde em Ponta Porã

26 maio 2006 - 06h14

Em tom de indignação o vereador Chico Gimenez (PDT) usou a tribuna  da Câmara Municipal de Ponta Porã, para chamar atenção ao que ele definiu  como um verdadeiro caos e desrespeito em termos de atendimento a saúde publica na cidade. Inicialmente Gimenez pediu para que fosse colocada uma relação com o nome dos médicos e suas especialidades nos murais dos postos de saúde tanto nos bairros como na região central. Depois comentou sobre a situação enfrentada pelos moradores do Ipê II onde as pessoas precisam chegar ao inicio da madrugada para garantir uma das dez senhas distribuídas aos moradores e com isso garantir consultas. Segundo Chico a secretaria de saúde Regina Gattas não cumpre o seu papel e discrimina a população mais pobre. Para o parlamentar o mesmo drama continua existindo quanto ao atendimento dos irmãos paraguaios que constantemente são barrados no Hospital Regional da cidade brasileira. Pessoas que vivem um verdadeiro desespero ao precisar de um atendimento e são obrigadas a buscar  recursos em outros locais. Gimenez citou vários casos e lembrou a situação enfrentada por uma senhora que precisava  dar a luz e não foi atendida neste hospital sendo forçada a recorrer ao hospital São Lucas. Num outro momento o vereador citou o caso de uma mulher que é paraguaia, mas que vive no Brasil e teve atendimento negado. Para reforçar o que ele chama de descaso Chico leu na tribuna trecho do discurso do atual prefeito Flávio Kayatt onde afirmava ao governador do departamento de Amambaí Robert Acevedo durante a campanha que se fosse eleito  os  moradores da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero não ficariam sem atendimento  médico. Compromisso que Robert Acevedo também fez quando já como governador. "Onde esta o compromisso assumido? Compromisso só para se eleger e não cumprir"?  "Prometeu cumpre" afirmou o vereador. Ao encerrar a manifestação o vereador disse que pretende recorrer ao Ministério Público para garantir o acesso dos moradores ao atendimento médico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

R$ 24 MIL
Prêmio de Inovação na Gestão Pública está com inscrições abertas
Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar o auxílio emergencial
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar o auxílio emergencial
MATO GROSSO DO SUL
Atendimento na Rede Fácil está suspenso a partir desta segunda-feira
SAÚDE
Fiocruz ajuda mães de crianças com necessidades especiais
Governo do Estado investe R$ 10,4 milhões na revitalização de escolas
DOURADOS
Governo do Estado investe R$ 10,4 milhões na revitalização de escolas
FUTEBOL
Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela
CLIMA
Última semana de outono será de tempo firme no estado
PANDEMIA
BRASIL: Mortes por covid-19 somam 487,4 mil e casos chegam a 17,4 milhões
ESPORTE
Athletico Paranaense ganha do Grêmio em Porto Alegre e segue 100%
INTERNACIONAL
G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022

Mais Lidas

DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
DOURADOS
Guarda encerra mais uma festa clandestina regada a álcool em meio ao lockdown
DOURADOS
Jovem é encontrado caído em via na área central e estado de saúde é grave