quarta, 26 de janeiro de 2022
Dourados
37°max
27°min
Campo Grande
34°max
23°min
Três Lagoas
37°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Verbas para a saúde vão aumentar em 35% em 2004

23 outubro 2003 - 06h35

Dos R$ 216 milhões atuais, os investimentos na área de saúde foram fixadas pelo governador Zeca do PT em R$ 293 milhões para o orçamento 2004 de Mato Grosso do Sul. O anuncio foi feito ontem pelo secretário de Coordenação Geral de Governo, Paulo Duarte, na abertura da 5ª Conferência Estadual de Saúde, na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).A Conferência Estadual contou com a presença dos 400 delegados dos 77 municípios que participarão das conferências municipais de saúde, segundo Duarte este foi um exemplo da pluralidade do debate nas políticas públicas do Governo Popular: “A política de inclusão social do governador Zeca do PT tem na saúde pública seu pressuposto vital e seu caráter interdisciplinar é fundamental para afirmar-se como conquista cidadã”O governo do Estado buscou democratizar, segundo Duarte, o acesso aos serviços de saúde, através da instalação de uma rede hospitalar pública, disseminando a saúde para todo o Mato grosso do Sul. Somente neste ano foram investidos em R$ 17,5 milhões em infra-estrutura física da rede hospitalar pública em dezesseis municípios.O secretario de Ciência e Tecnologia e Insumos Estratégicos, José Alberto Hermógenes, representou o ministro da Saúde, Humberto Costa, na solenidade. O secretário elogiou o trabalho do governo do Estado e falou sobre as prioridades do governo federal na área de saúde. Segundo Hermógenes o ministro quer aproveitar o máximo das propostas: “vamos tentar implementar o máximo de propostas apresentadas, nossas prioridades são o acesso à saúde e o financiamento, as duas áreas receberam atenção nas conferências e tenho certeza que vamos melhorar nosso sistema de saúde” disse o secretário.Em Mato Grosso do Sul existem 104 hospitais conveniados com o SUS, são 5590 leitos que receberam, no primeiro semestre de 2003, 110 mil internações. “O SUS, sistema Único de Saúde, é um adolescente ainda, com 15 anos de idade ainda temos muito o que mudar nele” Essa é a opinião do secretário Estadual de Saúde, João Paulo Esteves, que falou sobre as melhorias do Estado na área, para o secretário “o SUS só tem validade se é construído pela sociedade, e aqui estamos construindo o SUS que nós queremos”. O evento acontece até sexta feira, no auditório do bloco C da UCDB e o resultado será apresentado na 12ª Conferência Nacional de Saúde.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM NOROESTE

Morre em hospital homem que foi esfaqueado no peito pela esposa

JUSTIÇA

Roberto Jefferson é condenado a indenizar Manuela D'Ávila em R$ 10 mil

Devendo para agiotas, gerente comercial está desaparecido há 24 horas
SUMIÇO

Devendo para agiotas, gerente comercial está desaparecido há 24 horas

RELATÓRIO

Brasil piora duas posições no ranking de corrupção e fica em 96º lugar

TRÊS LAGOAS

Com carro furtado, radialista derruba portão e invade pelotão da PM

PANDEMIA

Com aumento de casos, Mato Grosso do Sul abre leitos de UTI Covid

COSTA RICA

Horas antes de morrer, enfermeira comemorou 'retorno para casa'

BLOCO ECONÔMICO

OCDE formaliza convite para início da adesão do Brasil à organização

LAGUNA CARAPà

Mulher clica em e-mail, tem conta do pai hackeada e perde R$ 90 mil

MERCADO FINANCEIRO

Dólar cai para R$ 5,43, com fluxo estrangeiro para países emergentes

Mais Lidas

DOURADOS

Durante confusão, jovem tenta dar facada na ex e acerta a mãe

NOVA ANDRADINA

Mulher sai para pedalar e é encontrada morta com sinais de estupro

VIOLÊNCIA

Por ciúmes, mulher destrói carro e agride ex em Dourados

DOURADOS

Acidente deixa policial em estado grave e motorista é preso por embriaguez