Menu
Busca sexta, 23 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Ministério da Saúde se prepara para campanhas de vacinação

15 janeiro 2004 - 14h38

A campanha nacional de vacinação e a produção de vacinas vão contar este ano com R$ 495 milhões. Em entrevista à NBR, TV a cabo da Radiobras, o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, informou que o programa de vacinação brasileiro oferece o maior número de vacinas gratuitas em todo o mundo. Este ano o Ministério da Saúde intensificará a vacinação contra tétano para mulheres em idade fértil e realizará a campanha contra o sarampo associada à da poliomielite.Segundo o secretário, a vacinação contra a gripe está prevista para ocorrer em abril. A exemplo dos anos anteriores, as vacinas serão fornecidas gratuitamente para toda a população idosa brasileira. “O Brasil hoje é um modelo. O México é um país com o mesmo nível econômico que o nosso e não consegue oferecer essa vacina gratuitamente para sua população, devido aos custos elevados de produção” explicou Barbosa. No calendário de vacinação brasileiro estão previstas para junho a primeira fase da Campanha Nacional Contra a Poliomielite em crianças de zero a cinco anos e a segunda em agosto. O secretário reiterou que no mesmo período o ministério promoverá também a vacinação contra o Sarampo. Mesmo sendo uma doença erradicada no país e nas Américas é preciso uma nova dose para evitar que novos casos da doença surjam, disse Barbosa. “No ano de 2003 só registramos dois casos que foram importados para o Brasil. Um deles aconteceu com um empresário que viajou para a Alemanha”, informou.A novidade em 2004 é a vacinação contra o tétano para mulheres em idade fértil. Durante todo o ano, as brasileiras que não tomaram a vacina nos últimos 10 anos devem procurar os postos de saúde para se prevenir contra a doença. Segundo Jarbas Barbosa, o tétano é muito grave tanto para a mãe quanto para a criança, no período da gestação. “Hoje essa doença é muito rara no Brasil, mas mata cerca de 70% das crianças que a adquirem”, alertou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Liberdade ainda que tardia!
ARTIGO
Liberdade ainda que tardia!
MS notifica mil casos na semana e tem segunda maior incidência de dengue do país
SAÚDE PÚBLICA
MS notifica mil casos na semana e tem segunda maior incidência de dengue do país
Estado confirma mais 48 óbitos por coronavírus e leitos de UTI/SUS continuam lotados
PANDEMIA
Estado confirma mais 48 óbitos por coronavírus e leitos de UTI/SUS continuam lotados
Viver Bem da Unimed faz programa de combate ao tabagismo
SAÚDE & BEM-ESTAR
Viver Bem da Unimed faz programa de combate ao tabagismo
PANDEMIA
Japão declara terceiro estado de emergência
TRÁFICO
Polícia estoura 'armazém' para refino de cocaína e prende 14 em MS
ECONOMIA
Benefícios fiscais: atacadistas devem aderir ao ROT até dia 30 de abril
DOURADOS
Após comprar moto furtada, jovem é preso por receptação
IMUNIZAÇÃO
Renato Câmara reforça pedido de vacinação de professores e administrativos da rede estadual
MS
Profissionais da área da saúde são convocados em processos seletivos do Governo

Mais Lidas

DOURADOS
Grupo receberia comissão se conseguisse negociar carga de maconha no Água Boa
DOURADOS
Jovem confessa 18 tiros, mas diz que idoso morreu antes por enforcamento
IVINHEMA
Polícia encontra mais de 800kg de maconha em casa alugada para o tráfico
DOURADOS
Ladrão invade alojamento do Hospital da Vida e leva pertences de enfermeiras