Menu
Busca sexta, 27 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
APARECIDA DO TABOADO

Menina picada por escorpião morre após dar entrada em Pronto Socorro

07 outubro 2017 - 09h10Por Da Redação

A pequena Pietra Teixeira do Nascimento de 9 anos, moradora de Aparecida do Taboado, morreu na madrugada desta sexta-feira, dia 06 de outubro, após ser picada por um escorpião.

A menina foi picada na madrugada de quinta-feira (05) e logo em seguida a levaram ao Pronto Socorro da cidade, onde não havia o soro antiescorpiônico.

O secretário de saúde da cidade, Márcio Garcia Galdino confirmou que no hospital não havia o soro, e disse que irá "investigar" o motivo da falta do medicamento.

Segundo o site Midiamax, Pietra dormia com a avó quando foi picada em um dos dedos por volta das 4h30. Segundo o pai, a menina gritou, momento em que viram um escorpião amarelo embaixo do travesseiro. "Ela já acordou suando", disse o pai. A casa onde ocorreu o fato fica em um sítio a um quilômetro do centro da cidade.

O animal peçonhento foi morto e ela foi levada imediatamente ao Pronto Socorro da cidade. "Lá ela ainda ficou uns 15 minutos para receber atendimento", disse o pai.

Ainda de acordo com Patrick, enquanto ela esperava, foi dado um soro para cortar os vômitos, e em seguida, informaram que não havia o soro contra a picada do escorpião. Ainda de acordo com o pai, por mais de uma hora, o hospital tentou a regulação para transferí-la para outra cidade.

Patrick conta que já tinham tomado a decisão de irem para Santa Fé do Sul, em São Paulo, que fica a aproximadamente 29 quilômetros de Aparecida do Taboado. Neste momento, segundo a família, regularam a transferência de Pietra para Três Lagoas - distância de 130 quilômetros. "Iriam levá-la em uma ambulância sem UTI, foi quando a gente resolver ir para Santa Fé por conta própria".

Patrick lembra que o irmão mais novo de Pietra já havia sido picado por escorpião a aproximadamente dois anos. Na época ele foi levado para o Pronto Socorro de Aparecida do Taboado, onde foi medicado normalmente com o soro contra a picada. " A gente tinha certeza que lá tinha".

Na cidade paulista, a menina foi prontamente atendida e tomou o soro antiescorpiônico. Porém, o veneno já havia atingido alguns órgãos. O pai relata que a filha também foi diagnosticada com água no pulmão.

Ela foi levada à Santa Casa da cidade do estado vizinho, onde foi feita a drenagem do líquido, porém a menina não resistiu e morreu por parada cardíaca na madrugada desta sexta-feira (06), durante a internação.

A mãe de Pietra, que é separada do pai da menina contou que a filha foi sepultada por volta das 17 horas desta sexta-feira (06). "Nunca mais vai sair a frase da minha cabeça quando chegaram aqui e disseram que não tinham uma notícia boa para me dar".

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Motociclista que foi arremessado durante acidente morre em hospital
PANDEMIA
Bolsonaro diz que não há vídeo ou áudio em que chame Covid de 'gripezinha'
CRIME AMBIENTAL
Homem é preso e multado por pescar com redes durante a piracema
JUSTIÇA
Saiba como solicitar antecipação de julgamento em sessões do TJ/MS
SILVIA REGINA
Atropelada por veículo está em coma no CTI e com lesão neurológica grave
EDUCAÇÃO
UFGD recebe evento sobre produtividade agrícola e conservação do solo
PONTA PORÃ
PM aposentado reagiu a assalto que terminou com bandido morto
INTERNACIONAL
Corpo de Maradona é sepultado em cemitério na periferia de Buenos Aires
FRONTEIRA
Gerente de cassino é presa em investigação sobre quádrupla execução
JUSTIÇA
Motociclista será indenizado por acidente devido ao rompimento de cabos

Mais Lidas

DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
DOURADOS
Júri condena membros de grupo de extermínio a mais de 100 anos de prisão
PEDRO JUAN
Quatro corpos são encontrados enterrados na fronteira
BONITO
Mãe de bebê também morre após carro bater em coqueiro na MS-382