Menu
Busca domingo, 28 de novembro de 2021
Dourados
34°max
19°min
Campo Grande
32°max
21°min
Três Lagoas
36°max
21°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
SAÚDE & BEM-ESTAR

Falando sobre transtorno de conduta

23 novembro 2021 - 09h50Por Luciane Sperafico

A Psicoterapeuta, mestre em Psicologia Luciane Sperafico explica um pouco mais sobre como identificar o transtorno de conduta. Dentro da psicologia e psiquiatria da infância e da adolescência, um dos quadros mais problemáticos tem sido o chamado Transtorno de Conduta, anteriormente (e apropriadamente) chamado de Delinquência, o qual se caracteriza por um padrão repetitivo e persistente de conduta antissocial, agressiva ou desafiadora. Transtorno de conduta é um padrão persistente ou recorrente do comportamento que viola os direitos dos outros ou as principais normas e regras próprias para a idade.


O transtorno de conduta é um distúrbio psicológico que pode ser sinalizado desde a infância em que a criança apresenta atitudes egoístas, violentas e manipuladoras que podem interferir diretamente no seu desempenho na escola e na sua relação com família e a amigos.
Apesar do diagnóstico ser mais frequente durante a adolescência, o transtorno de conduta também pode ser identificado a partir dos 18 anos, passando a ser denominado Transtorno da Personalidade Antissocial, em que a pessoa age com indiferença e frequentemente viola o direito das outras pessoas. 


*Como identificar
A identificação do transtorno de conduta deve ser feita pela área de psicologia e neuropsicologia ou pelo psiquiatra a partir da observação de vários comportamentos que a criança pode apresentar e estes devem durar pelo menos 6 meses para que possa ser concluído o diagnóstico de transtorno de conduta.

Os principais sintomas indicativos desse transtorno psicológico são:
*Falta de empatia e preocupação com os outros;
*Rebeldia e comportamento desafiador;
*Manipulação e mentiras frequentes;
*Pouca tolerância à frustração, apresentando frequentemente crises de irritabilidade;
*Agressividade;
*Comportamento ameaçador, podendo iniciar brigas, por exemplo;
*Fuga de casa frequente;
*Furtos e/ ou roubos;
*Destruição de bens e vandalismo;
*Atitudes de cruéis com animais ou pessoas.


Como esses comportamentos fogem do que é esperado para a criança, é importante que a criança seja levada para um especialista da área da psicologia ou psiquiatria assim que apresentar qualquer comportamento sugestivo. Dessa forma, é possível que seja feita a avaliação do comportamento da criança e seja feito o diagnóstico diferencial para outros transtornos psicológicos ou relacionadas ao desenvolvimento desta criança.


*Como deve ser o tratamento
O tratamento deve ser baseado nos comportamentos apresentados pela criança ou adolescente, sua intensidade e frequência e deve ser feito principalmente através da psicoterapia, em que o especialista ou psiquiatra avalia os comportamentos e tenta identificar a causa e entender a motivação. Em alguns casos, o psiquiatra pode indicar o uso de alguns medicamentos, como estabilizadores do humor, antidepressivos e antipsicóticos, que permitem o autocontrole e a melhora do transtorno de conduta.


Quando o transtorno de conduta é considerado grave, em que a pessoa representa risco para outras pessoas, é indicado que seja encaminhada para um centro de tratamento para que o seu comportamento seja trabalhado de forma adequada e, assim, seja possível melhorar esse distúrbio.


*Níveis de Gravidade
*Leve
No nível leve do Transtorno de Conduta há poucos problemas de comportamento, e tais problemas causam danos relativamente pequenos a outros, tais como, por exemplo, mentiras, gazetas à escola, permanência na rua à noite sem permissão.


*Moderado
O número de problemas de conduta e o efeito sobre os outros são intermediários entre “leves” e “severos”, onde já pode haver furtos sem confronto com a vítima, vandalismo, uso de fumo e/ou outra droga.


*Severo
Muitos problemas de conduta estão presentes na forma severa do Transtorno de Conduta, problemas que causam danos consideráveis a outros, tais como, sexo forçado, crueldade física, uso de arma, roubo com confronto com a vítima, arrombamento e invasão.


*Classificação
Uma das dúvidas de quem não está familiarizado com os Transtornos de Conduta é saber onde, dentro da psiquiatria, se classificam esses quadros. Essa categoria de diagnóstico é classificada naquilo que chamamos de Transtornos Disruptivos, do Controle de Impulsos e da Conduta, segundo o DSM-5. 
Esse tópico da classificação engloba os seguintes diagnósticos:
– Transtorno de Desafio Opositivo
– Transtorno de Explosão Intermitente
– Transtorno de Conduta
– Transtorno da Personalidade Dissocial
– Transtorno do Comportamento de Disrupção Sem Outra Especificação


Na CID.10 os Transtorno de Conduta são chamados de Distúrbios de Conduta e estão classificados como uma categoria isolada no código F91.
O diagnóstico da sociopatia pode ser feito ainda na infância ou adolescência. Inicialmente ela começa com delinquência infanto-juvenil. A sociopatia da infância e adolescência é classificado como Transtorno do Comportamento Disruptivo, no subtipo Transtorno da Conduta e pode ser subdividido nos seguintes tipos:
1- Transtorno de conduta restrito ao contexto familiar;
2- Transtorno de conduta não-socializado;
3- Transtorno de conduta socializado;
4- Transtorno desafiador de oposição;
5- outros e não especificado


A característica essencial do Transtorno da Conduta é um padrão repetitivo e persistente de comportamento no qual são violados os direitos básicos dos outros ou normas ou regras sociais importantes apropriadas à idade.


Por fim, espera-se que este texto possa ser uma ferramenta informativa ao alcance de clínicos, pais e educadores, assim como de outros profissionais que atuam com crianças e adolescentes que apresentem os diversos quadros sumariados. Desta forma, poderá ser útil a um maior conhecimento acerca do Transtornos de Conduta.


Para mais informações não deixe de entrar em contato conosco!
Agende sua Avaliação Psicodiagnóstica e Tratamento no CENAIPP
Atendimento com crianças, adolescentes e adultos

CENTRO DE ATENDIMENTO E INTERVENÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA, PSICODIAGNÓSTICO / PSICOLOGIA/ NEUROPSICOLOGIA/ COACH VOCACIONAL & CARREIRA /HIPNOSE CLÍNICA

Os contatos: (67)999548716 / (67)34210550
Rua Ciro Melo, 2280 Centro- Dourados/MS
Facebook-Cenaipp
“Sobre a Profissional- LUCIANE SPERAFICO”
* Mestre em Psicologia
* Psicanalista
*Hipnoterapeuta
* Psicopedagoga
* Pedagoga 
* Neuropedagoga
* Especialista Em Neuropsicologia 
* Formação Em Reabilitação E Habilitação Neuropsicológica “Luriana”
* Especialista Em Educação Especial com ênfase em Autismo
* Especialista Em Psicoterapia Cognitivo Comportamental 
* Screener da Síndrome de Irlen
* Analista Comportamental DISC pela SLAC
* Coach de Carreira &Coach Vocacional
* Facilitadora da metodologia LEGO SERIOUS PLAY e POINTS OF YOU
* Tutora Cogmed- Treinamento de Memória Operacional &Treino Cognitivo (Atenção)
* Formação em Psicologia Positiva
* Formação Em Terapia do Esquema
Fonte/tuasaude.com/transtorno-de-personalidade
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América
FUTEBOL
Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América
PANDEMIA
Alemanha e Itália confirmam casos e variante 'ômicron' da Covid-19 é detectada em 9 países
POLÍCIA
Mulher é espancada por filho após se recusar a dar R$ 5 mil
ECONOMIA
Feirão 'Limpa Nome' tem negociações até dia 6 por whats app e aplicativo
ECONOMIA
Família que tiver aumento de renda permanece no Auxílio Brasil
POLÍCIA
Homem é executado com sete tiros após sair de bar
POLÍCIA
Jovem aciona a polícia após homem tentar beijá-la à força em entrevista de emprego
PANDEMIA
Países europeus identificam casos da variante Ômicron da Covid-19
BRASIL
Cerca de 85 mil beneficiários de auxílio-doença podem ficar sem pagamento do INSS
POLÍCIA
Adolescentes são detidos após serem flagrados com motocicleta furtada

Mais Lidas

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Jovem é preso após manter relacionamento com menina de 11 anos em Dourados
DOURADOS
Menina diz que mantinha relações sexuais com acusado de estupro desde os 10 anos
AÇÃO CONJUNTA
Dourados terá operação 'Lei Seca' para conter bebedeira no trânsito após final da Libertadores
DOURADOS
Acusado de estupro tem prisão preventiva decretada e é transferido para a PED