Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
SAÚDE & BEM - ESTAR

Falando de Hipnose Clínica e TOC

17 novembro 2020 - 08h36Por "Luciane Sperafico

A Psicoterapeuta e Hipnoterapeuta “Luciane Sperafico” explica um pouco mais sobre o TOC. O Transtorno Obsessivo Compulsivo, conhecido como TOC, atinge cerca de quatro milhões de brasileiros. A doença faz com que a pessoa perca a qualidade de vida por ter a mente constantemente invadida por ideias, pensamentos e imagens ruins. 

A principal característica do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é a presença de obsessões e/ou compulsões (rituais). Assim, seus sintomas interferem diretamente nos pensamentos, as chamadas obsessões, e nos comportamentos, os rituais. As obsessões são pensamentos ou impulsos que atuam de forma intrusiva, persistente e repetitiva, na mente de pessoas com TOC.

A hipnoterapeuta e mestre em Psicologia “Luciane Sperafico, da Clínica Cenaipp, relata quais são esses rituais: "Normalmente, os clientes (pacientes) que chegam aqui têm a mania de lavar as mãos sem parar; checar a todo o momento se o gás da cozinha está fechado por temer um acidente fatal; não pisar em azulejos que saiam do padrão por medo de que algo ruim aconteça; entre outros exemplos". Ela conta que a Hipnose clínica pode ser uma importante aliada para esse transtorno, já que a origem está ligada ao psicológico.

A hipnose Clínica pode ajudar como terapia complementar ao tratamento tradicional. "Como a origem está no psicológico da pessoa, com a técnica podemos chegar ao momento exato que esse trauma foi instalado e ressignificar a história", diz a especialista.

Portanto, podem aparecer também de diversas formas, como frases, palavras, imagens, cenas, entre outros. Seus conteúdos geralmente são percebidos como impróprios ou estranhos, podendo, assim, gerar sentimentos de culpa, medo, desprazer e até mesmo nojo. 

Estes pensamentos obsessivos podem ser de diferentes tipos: dúvidas e necessidades de ter certeza, preocupações excessivas com sujeiras ou contaminações, preocupação excessiva com alinhamento de objetos, sequência, ordem e simetria, pensamentos ou imagens violentas, pensamentos impróprios e indesejáveis relacionados a sexo, religião, superstições, entre outros. Dessa forma, o indivíduo que tem TOC tenta reprimir, afastar e/ou controlar esses pensamentos, realizando rituais, compulsões, evitações ou simplesmente tentando não pensar neles, o que, na maioria das vezes, não é eficaz, e desta forma a pessoa acaba sentindo-se ainda mais incomodada.

As compulsões são comportamentos realizados pelos indivíduos com TOC na tentativa de se livrar das obsessões ou do desconforto provocado por elas. Esses comportamentos podem ser diversos, como: constantemente verificar fechaduras das portas; confirmar de forma repetida o fechamento de objetos como botijão de gás, janelas, chuveiro ou torneira; lavar as mãos frequentemente; perfeccionismo extremo nas atividades realizadas; simetria e organização de objetos; ações repetidas (sentar e levantar do assento, abrir e fechar objetos, entrar e sair de lugares); entre outros.

As compulsões ou rituais também podem aparecer como atos mentais, com a mesma finalidade dos comportamentos compulsivos: dar fim ou neutralizar as obsessões. As mais comuns são: tentar substituir o conteúdo das obsessões por pensamentos e/ou imagens mais agradáveis, repetir mentalmente determinadas palavras ou números com o objetivo de neutralização, repetir silenciosamente alguma reza, fazer contagens, verificações ou rememorar fatos mentalmente, entre outras.

Qual a causa do transtorno obsessivo compulsivo?

Não há um consenso sobre qual seria(m) a(s) causa(s) do transtorno obsessivo compulsivo. Sabe-se, porém, que o quadro é comum em homens e mulheres, além de começar a se manifestar (pois, fica mais evidente) na adolescência. Muitos médicos e especialistas acreditam que o TOC está ligado a acontecimentos da infância, desencadeando o comportamento obsessivo-compulsivo, que se manifestam alguns anos mais tarde.

Se você foi diagnosticado com TOC, ou se identificou com o que foi descrito, provavelmente percebe que algumas situações cotidianas acabam ativando as obsessões e você acaba sofrendo com elas, ou tentando evitá-las. Por exemplo: passar em locais como igrejas, cemitérios e hospitais, debaixo de uma escada, entrar em contato com algum objeto sujo, entre outras. Desta forma, note que as obsessões e compulsões acabam por interferir em sua rotina. A tendência é que, a partir dessa relação entre as obsessões e as compulsões, o indivíduo acabe restringindo várias áreas de sua vida: ocupacional, social, familiar, entre outras. 

Além dos prejuízos no bem-estar e na qualidade de vida, pois se não for tratada a origem do problema, os sintomas graves dessa doença tendem a se intensificar com o passar dos anos.

No entanto, a especialista em hipnose alerta que é indispensável procurar ajuda médica. A terapia alternativa com Hipnose clínica busca compreender e combater o real motivo que leva o paciente a ter TOC. Esta terapia pode, portanto, trazer uma mudança nos padrões de pensamento, trabalhando a doença em um nível mais profundo.

O texto foi esclarecedor? Se ainda restaram dúvidas ou se você deseja realizar uma Avaliação Psicodiagnóstica e almeja conhecer o tratamento (psicoterapia e hipnose clínica). Agende uma consulta!

CENTRO DE ATENDIMENTO E INTERVENÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA, PSICODIAGNÓSTICO/PSICOLOGIA /NEUROPSICOLOGIA /COACH VOCACIONAL & CARREIRA / HIPNOTERAPIA CLÍNICA

Os contatos: (67)99954-8716 / (67)3421-0550

Rua Ciro Melo, 2280 Centro- Dourados/MS

Facebook- Cenaipp

“Sobre a Profissional- LUCIANE SPERAFICO”

*Mestre em Psicologia
* Psicanalista
* Hipnoterapeuta
* Psicopedagoga 
* Especialista Em Neuropsicologia 
*Tutora Cogmed- Treinamento de Memória Operacional 
* Pedagoga 
* Neuropedagoga
* Atualização Em Habilitação e Reabilitação Neuropsicológica “Luriana”
* Especialista Em Educação Especial com ênfase em Autismo
* Especialista Em Psicoterapia Cognitivo Comportamental 
* Screener da Síndrome de Irlen
*Analista Comportamental DISC pela SLAC
* Coach de Carreira &Coach Vocacional
*Facilitadora da metodologia LEGO SERIOUS PLAY e POINTS OF YOU
*Formação em Psicologia Positiva 
* Formação em Terapia do Esquema
*Atualização em Mindfulness  


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em meio à leitura de pareceres, CPI vota amanhã relatório de Renan
BRASIL
Em meio à leitura de pareceres, CPI vota amanhã relatório de Renan
Ganhe massa muscular mais rápido: 4 atalhos para a hipertrofia
SAÚDE E BEM-ESTAR
Ganhe massa muscular mais rápido: 4 atalhos para a hipertrofia
Dourados confirma mais três óbitos de moradores da região
PANDEMIA
Dourados confirma mais três óbitos de moradores da região
Funcionária da UPA é agredida por homem que tentava entrar em área restrita
DOURADOS
Funcionária da UPA é agredida por homem que tentava entrar em área restrita
Facebook remove live em que presidente associa vacina de covid à aids
BRASIL
Facebook remove live em que presidente associa vacina de covid à aids
REGIÃO
Foragido é flagrado pulando muros de casas e é preso
DOURADOS
Preço médio da gasolina comum chega a R$ 6,26 em dia de anúncio de novo reajuste
SEGURANÇA PÚBLICA
Neno pede duas viaturas e quatro motos para patrulhamento rural em Ponta Porã
PEDRO JUAN
Advogado é executado na fronteira com o Paraguai
DOURADOS
Casa é arrombada e carteira furtada na Vila Santa Catarina

Mais Lidas

CÁRCERE PRIVADO
Tentativa de sequestro a criança termina com jovem preso em Dourados
CLIMA
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
ACIDENTE
Morto em acidente na BR-163 voltava de festa em Caarapó
DOURADOS
Vento supera 40 quilômetros por hora e grande perigo de tempestade inicia de tarde