quinta, 27 de janeiro de 2022
Dourados
33°max
24°min
Campo Grande
30°max
22°min
Três Lagoas
35°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
SAÚDE & BEM-ESTAR

Falando de Depressão

04 janeiro 2022 - 08h00Por Luciane Sperafico

A Psicanalista e Hipnoterapeuta “Luciane Sperafico” explica um pouco mais sobre os sintomas da Depressão.
A palavra Depressão provém do termo latim Depressus, que significa “abatido” ou “aterrado”. Trata-se de um distúrbio emocional podendo traduzir-se num estado de abatimento e infelicidade, o qual pode ser transitório ou permanente. (Depressão no CID10- F33)
Portanto, trata-se de uma condição de saúde que ainda envolve muito preconceito. Por isso, muita gente tem vergonha de falar sobre o assunto e assumir que sofre de depressão. 


É exatamente esse comportamento que os especialistas aconselham evitar. Falar abertamente sobre o assunto e procurar ajuda é vital.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), antes da pandemia, o Brasil já era o país mais ansioso do mundo e, também, apresentava a maior incidência de depressão da América Latina, impactando cerca de 12 milhões de pessoas.


Durante a pandemia, a situação se agravou: estudo realizado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UEFJ) revelou um aumento de 90% nos casos de depressão. Já o número de pessoas com crises de ansiedade e sintomas de estresse agudo praticamente dobrou entre março e abril de 2020.
Um episódio depressivo pode ser categorizado como leve, moderado ou grave, a depender da intensidade dos sintomas. 


Alguns dos indícios da doença são: ansiedade, alterações do apetite, de peso e do sono, dor crônica, agitação ou lentificação motora, fadiga ou perda de energia, sentimentos de inutilidade ou de culpa, dificuldade de concentração e de tomar decisões, e nos casos mais graves, pensamentos de morte e ideação suicida.


 Em geral, os sintomas de Depressão se assemelham a todos os níveis da doença, embora haja diferenças entre eles. Mas o que acentua o problema e faz com que o distúrbio seja considerado severo é, principalmente, a presença de pensamentos de morte, e até mesmo suicidas.


Alguns tipos de Depressão
*Atípica; não há causas específicas que desencadeiem esta condição. Especialistas afirmam que, geralmente, ela aparece como uma combinação de fatores genéticos e traumas sofridos ao longo da vida.


*Distímica; caracterizado por mau humor contínuo, sintomas depressivos de intensidade moderada e duração mais longa. 
*Crônica; eles interpretam a realidade de um modo diferente, pessimista, sua capacidade de sentir prazer ou alegria é praticamente diminuída a zero, o desespero é um companheiro constante e com ele vêm os pensamentos de suicídio.


Hoje, a depressão é considerada a quarta principal causa de incapacitação, segundo a Organização Mundial da Saúde.
Esse transtorno psiquiátrico atinge pessoas de qualquer idade, e exige avaliação e tratamento com um profissional. 
Em adolescentes e crianças observam sintomas de irritabilidade, desmotivação e queda abrupta no rendimento escolar.
O desânimo sem fim é fruto de desequilíbrios na bioquímica cerebral, como a diminuição na oferta de neurotransmissores como a serotonina, ligada à sensação de bem-estar. 

Tratamento
A Depressão pode durar semanas ou mesmo anos. E uma vez que o indivíduo passe por uma crise, corre maior risco de enfrentar episódio semelhante outra vez na vida. Na maioria das vezes, o tratamento é feito em conjunto pelo psiquiatra e o psicoterapeuta.


Portanto, a depressão tem cura e pode ser alcançada com o diagnóstico e tratamento correto. Existem diversos medicamentos antidepressivos e ansiolíticos, que ajudam a regular a química cerebral, e o médico escolherá segundo o perfil do paciente, juntamente com sessões de psicoterapia para a eficácia do tratamento.


Em suma, familiares a amigos devem ultrapassar seus preconceitos e compreender que depressão não é fraqueza. O doente precisa aprender a respeitar as próprias limitações e submeter-se, eventualmente, a cuidados médicos e/ou psicológicos que se mostrem necessários; deve, também, estabelecer metas compatíveis com a sua situação e evitar tomar decisões importantes nesses momentos. 


A depressão, na maior parte dos casos, é curável. Mas é preciso reconhecer o problema e procurar ajuda.
O texto foi esclarecedor? Se ainda restaram dúvidas ou se você deseja fazer uma avaliação Psicodiagnóstica, deixe seu comentário aqui no post! Ou agende uma consulta conosco!
Agendamentos e Atendimento com crianças, adolescentes e adultos.

CENTRO DE ATENDIMENTO E INTERVENÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA, PSICODIAGNÓSTICO, PSICOLOGIA, NEUROPSICOLOGIA COACH VOCACIONAL & CARREIRA, HIPNOTERAPIA CLÍNICA

Os contatos: (67) 999 548716 / (67) 3421 0550
Rua Ciro Melo, 2280    Centro- Dourados/MS
Facebook- Cenaipp
“Sobre a Profissional-  LUCIANE SPERAFICO”
*Mestra em Psicologia
* Psicanalista
* Hipnoterapeuta
* Formação em Psicologia Positiva
* Psicopedagoga 
* Especialista em Neuropsicologia 
* Pedagoga 
* Neuropedagoga
* Formação em Habilitação e Reabilitação Neuropsicológica “Luriana”
*Atualização em Mindfulness  
* Especialista Em Educação Especial com ênfase em Autismo
* Especialista Em Psicoterapia Cognitivo Comportamental 
* Screener da Síndrome de Irlen
*Analista Comportamental DISC pela SLAC
*Coaching de Carreira & Coaching Vocacional
*Facilitadora da metodologia LEGO SERIOUS PLAY e POINTS OF YOU
*Tutora Cogmed- Treinamento de Memória Operacional 
*Formação em Terapia do Esquema

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO

IFMS divulga resultado final de seleção para cursos técnicos a distância

DOURADOS

Melhorias realizadas na PED reforçam segurança de policiais penais

PONTA PORÃ

Motociclista morre atropelado por caminhonete na BR-463

TEMPO

Quinta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados

FRONTEIRA

Homem é morto na frente da namorada logo após sair de presídio

DIAGNÓSTICO

Anvisa vai decidir na sexta-feira se libera venda de autotestes de Covid

IVINHEMA

Família procura adolescente de 15 anos que está desaparecida

IAGRO

Prorrogado prazo para regularização dos rebanhos de caprinos e ovinos

PONTA PORÃ

Policiais socorrem criança que estava prestes a morrer por convulsão

EDUCAÇÃO

Sisu 2022: UEMS oferta 1142 vagas em 58 cursos de graduação

Mais Lidas

DOURADOS

Homem ostenta em boate, não concorda com valor da conta e vai parar na delegacia

FURTO

Jovem abre algema e tenta fugir de delegacia em Dourados durante autuação

DOURADOS

Preso o jovem autor de pelo menos 20 furtos apenas neste ano

RIBAS DO RIO PARDO

Pai, mãe e filho morreram em colisão entre veículos na BR-262