Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99257-3397
SAÚDE & BEM-ESTAR

Entendendo a Depressão

11 maio 2021 - 08h10Por Luciane Sperafico

A Psicanalista e Hipnoterapeuta “Luciane Sperafico” explica um pouco mais sobre os sintomas da Depressão.
A palavra Depressão provém do termo latim Depressus, que significa “abatido” ou “aterrado”. Trata-se de um distúrbio emocional podendo traduzir-se num estado de abatimento e infelicidade, o qual pode ser transitório ou permanente. (Depressão no CID10- F33)
Portanto, trata-se de uma condição de saúde que ainda envolve muito preconceito. Por isso, muita gente tem vergonha de falar sobre o assunto e assumir que sofre de depressão. 
É exatamente esse comportamento que os especialistas aconselham evitar. Falar abertamente sobre o assunto e procurar ajuda é vital.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), antes da pandemia, o Brasil já era o país mais ansioso do mundo e, também, apresentava a maior incidência de depressão da América Latina, impactando cerca de 12 milhões de pessoas.
Durante a pandemia, a situação se agravou: estudo realizado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UEFJ) revelou um aumento de 90% nos casos de depressão. Já o número de pessoas com crises de ansiedade e sintomas de estresse agudo praticamente dobrou entre março e abril de 2020.
Um episódio depressivo pode ser categorizado como leve, moderado ou grave, a depender da intensidade dos sintomas. 
Alguns dos indícios da doença são: ansiedade, alterações do apetite, de peso e do sono, dor crônica, agitação ou lentificação motora, fadiga ou perda de energia, sentimentos de inutilidade ou de culpa, dificuldade de concentração e de tomar decisões, e nos casos mais graves, pensamentos de morte e ideação suicida.
 Em geral, os sintomas de Depressão se assemelham a todos os níveis da doença, embora haja diferenças entre eles. Mas o que acentua o problema e faz com que o distúrbio seja considerado severo é, principalmente, a presença de pensamentos de morte, e até mesmo suicidas.
Alguns tipos de Depressão
*Atípica; não há causas específicas que desencadeiem esta condição. Especialistas afirmam que, geralmente, ela aparece como uma combinação de fatores genéticos e traumas sofridos ao longo da vida.
*Distímica; caracterizado por mau humor contínuo, sintomas depressivos de intensidade moderada e duração mais longa. 
*Crônica; eles interpretam a realidade de um modo diferente, pessimista, sua capacidade de sentir prazer ou alegria é praticamente diminuída a zero, o desespero é um companheiro constante e com ele vêm os pensamentos de suicídio.
Hoje, a depressão é considerada a quarta principal causa de incapacitação, segundo a Organização Mundial da Saúde.
Esse transtorno psiquiátrico atinge pessoas de qualquer idade, e exige avaliação e tratamento com um profissional. 
Em adolescentes e crianças observam sintomas de irritabilidade, desmotivação e queda abrupta no rendimento escolar.
O desânimo sem fim é fruto de desequilíbrios na bioquímica cerebral, como a diminuição na oferta de neurotransmissores como a serotonina, ligada à sensação de bem-estar. 

A Depressão pode durar semanas ou mesmo anos. E uma vez que o indivíduo passe por uma crise, corre maior risco de enfrentar episódio semelhante outra vez na vida. Na maioria das vezes, o tratamento é feito em conjunto pelo psiquiatra e o psicoterapeuta.
Portanto, a depressão tem cura e pode ser alcançada com o diagnóstico e tratamento correto. Existem diversos medicamentos antidepressivos e ansiolíticos, que ajudam a regular a química cerebral, e o médico escolherá segundo o perfil do paciente, juntamente com sessões de psicoterapia para a eficácia do tratamento.
Em suma, familiares a amigos devem ultrapassar seus preconceitos e compreender que depressão não é fraqueza. O doente precisa aprender a respeitar as próprias limitações e submeter-se, eventualmente, a cuidados médicos e/ou psicológicos que se mostrem necessários; deve, também, estabelecer metas compatíveis com a sua situação e evitar tomar decisões importantes nesses momentos. 
A depressão, na maior parte dos casos, é curável. Mas é preciso reconhecer o problema e procurar ajuda.
O texto foi esclarecedor? Se ainda restaram dúvidas ou se você deseja fazer uma avaliação Psicodiagnóstica, deixe seu comentário aqui no post! Ou agende uma consulta conosco!
Agendamentos e Atendimento com crianças, adolescentes e adultos.

CENTRO DE ATENDIMENTO E INTERVENÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA, PSICODIAGNÓSTICO, PSICOLOGIA, NEUROPSICOLOGIA COACH VOCACIONAL & CARREIRA, HIPNOTERAPIA CLÍNICA

Os contatos: (67) 999548716  - (67) 3421 0550
Rua Ciro Melo, 2280    Centro- Dourados/MS
Facebook- Cenaipp
“Sobre a Profissional-  LUCIANE SPERAFICO”
*Mestre em Psicologia
* Psicanalista
* Hipnoterapeuta
* Formação em Psicologia Positiva
* Psicopedagoga 
* Especialista em Neuropsicologia 
* Pedagoga 
* Neuropedagoga
* Formação em Habilitação e Reabilitação Neuropsicológica “Luriana”
*Atualização em Mindfulness  
* Especialista Em Educação Especial com ênfase em Autismo
* Especialista Em Psicoterapia Cognitivo Comportamental 
* Screener da Síndrome de Irlen
*Analista Comportamental DISC pela SLAC
*Coaching de Carreira & Coaching Vocacional
*Facilitadora da metodologia LEGO SERIOUS PLAY e POINTS OF YOU
*Tutora Cogmed- Treinamento de Memória Operacional 
*Formação em Terapia do Esquema

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Justiça argentina começa interrogatórios sobre morte de Maradona
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CAPITAL
Mulher é acusada de agredir e xingar policiais em bairro de Campo Grande
FUTEBOL
Copa América: seleção chega ao Rio de Janeiro para jogo contra Peru
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
INTERNET
Pesquisa aponta inacessibilidade de sites culturais
LEGISLATIVO
Câmara aprova isenção de impostos para beneficiários do "Casa Verde Amarela"
IMUNIZAÇÃO
Covid-19: 82% dos indígenas receberam 1ª dose, diz Ministério da Saúde
COVID-19
Estado acolhe flexibilização de medidas em Dourados, mas mantém bandeira "cinza"
ESPORTES
Ministério da Saúde confirma 41 casos de covid-19 na Copa América

Mais Lidas

DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
DOURADOS
Guarda encerra mais uma festa clandestina regada a álcool em meio ao lockdown
DOURADOS
Jovem é encontrado caído em via na área central e estado de saúde é grave