Menu
Busca segunda, 02 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Deputado diz que funcionária da Saúde não sabe situação dos postos

05 dezembro 2004 - 12h29

Desta vez, coube para a funcionária Iara Rigotti  vir de público contestar matéria na qual mostrou para a população a real situação dos nossos postos de saúde.Ela sim é quem deveria conhecer a situação dos nossos postos. Não cabendo para uma subalterna responder um artigo publicado em jornal, até por pura incompetência da autora do ataque contra minha pessoa.Ela afirma que o posto do Jardim Maracanã, a exemplo de outros, funciona como uma sede do PSF -  Programa de Saúde Familiar. Que o atendimento é feito de forma “diferenciada”. Acredito no que  a senhora afirma. Agora como se explica que pessoas sejam obrigadas a enfrentar fila pela madrugada, para retirar uma SENHA de atendimento. Ao que me parece este modo de atuar é empregado nos Postos de Saúde que podemos denominar de convencionais, não é mesmo?A senhora diz para a população que deve procurar o Posto do Ouro Verde, por ser o mais próximo do Jardim Maracanã. Então reafirmo: Madrugar e retirar senha para atendimento com que finalidade? Pra que? Vamos simplificar:A Secretaria de Saúde tinha,  anteriormente, alugado uma casa na região do Maracanã bem próximo do prédio onde funciona o posto e outra no Canaã 1 próximo da padaria, que serviam de base ao PSF. Ali sim, o atendimento era diferenciado. Médicos e enfermeiras, além agentes de saúde iam ate os moradores, quando realizavam o “verdadeiro” atendimento preventivo.Hoje, isso não existe. São desconhecidos os motivos que levaram a dispensa de médicos que atuavam nos postos acabando com o atendimento especializado. Na época médicos de renome em Dourados prestavam o atendimento naquelas unidades. Posteriormente médicos do PSF foram remanejados para os postos, que a senhora diz ser sede do programa.Não acho que isso seja desinformação de minha parte. Muito menos da população que sente diariamente como anda a saúde pública em Dourados.São postos como: do Maracanã, Parque 1, Parque 2, Cachoeirinha, Vila Hilda e entre outros entregues para um programa que, na prática, não funciona como deveria. O PSF, bem gerido, coisa que não acontece  sob sua administração,  faria com que o fluxo nos postos fosse  reduzido e o povo ganhasse mais confiança na saúde pública.O PSF em Dourados parece estar passando por uma inversão de valores quanto ao seu funcionamento. Atendentes, médicos e equipes de enfermagem teriam que “buscar” o paciente, não esperar por ele na sede da unidade.Postos, como os que exemplifiquei acima, tinham médicos especialistas, principalmente na área de ginecologia e pediatria. Hoje, apenas umas poucas unidades têm esse atendimento. Ou será que não?Quanto a eu ser desinformado, não me parece ser este o motivo de uma resposta tão agressiva como a sua. Como a senhora não necessita de atendimento da saúde pública em Dourados, fica bem mais fácil dizer que tudo vai bem.  O que eu mostrei é a realidade. Não foi coisa criada apenas por uma oposição radical de minha parte como à senhora diz. Alias, radicalismo é coisa que a senhora conhece muito bem e há muito tempo, pois, é uma de suas especialidades políticas. Sua  posição sempre foi de ranço político, com aqueles que se colocassem contrários a sua maneira de ver as coisas. Foi o povo, quem solicitou minha intervenção. Ou será que o povo por sua humildade é quem inventa fatos?Não podemos esconder a realidade. A saúde, com sua administração é de má qualidade. A população reclama e protesta de todas as formas. Se isso é ser “radical” acho que vou ser radical sempre e comigo toda uma população carente. Quanto a prestar desserviço que senhora me apregoa, aí está uma nova inversão de valores: Desserviço é negar um direito constitucional para o povo. E a senhora sabe que, saúde é um direito para todos.Se fosse colocar aqui, os pontos negativos da “sua” administração, iríamos longe.Faltam médicos nos postos, faltam enfermeiros e auxiliares, faltam atendentes qualificados e que saibam que não faz favor algum, em atender com cortesia a população, principalmente a mais carente. Educação e zelo... começa por aí um bom atendimento.E, medicamentos de uso contínuo, como só para exemplificar para depressão, que nunca tem ou não são adquiridos? Que dizer, das ambulâncias, batidas e que até hoje não foram consertadas?Que dizer do povo que fica pela madrugada, enfrentando frio e chuva para conseguir uma SENHA?Que dizer da espera por meses para ser atendido por especialista?Que dizer das internações hospitalares?Que dizer das centenas de pessoas que estão na fila esperando por uma cirurgia no Hospital Evangélico?Que dizer do Hospital de Vila Vargas, único construído num distrito que foi desativado e transformado num postinho de saúde.Isso e tantas outras coisas, não me credenciam como um “inventador” de fatos, apenas para denegrir a imagem da administração conforme a senhora afirma.Parece, sim, ser a senhora  a grande prestadora de um desserviço popular ao querer mostrar uma realidade, longe de ser a verdadeira.Atuo e sempre atuarei em favor dos mais carentes. Esta é uma marca de minha atividade política e dela não me afastarei, disso a senhora pode ter certeza.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia prende traficante e batedor com 380 quilos de maconha e skunk
BONITO
Polícia prende traficante e batedor com 380 quilos de maconha e skunk
TJ/MS
Provas do concurso para cartórios extrajudiciais serão realizadas no dia 22
Criança com crises convulsivas no Pantanal é socorrida por avião
NÚMEROS DA PANDEMIA
Média móvel de mortes por Covid no Brasil fica abaixo de mil pelo 3º dia
GUIA LOPES
Empresário de 32 anos é encontrado morto na frente da residência
UFGD
Abertas as inscrições de trabalhos para o Seminário Regional de Extensão
Rapaz é preso embaixo da cama após agredir mulher e filha de 7 meses
TRÂNSITO
Contran divulga novas regras de segurança de caminhões basculantes
TRÁFICO DE DROGAS
Mais dois adolescentes são apreendidos por tráfico de drogas em Naviraí
DOURADOS
Vereador visita colega e diz que ele está bem após novo contágio da Covid

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Homem e mulher são mais recentes vítimas da Covid-19 em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS