Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
SAÚDE & BEM - ESTAR

Como o estresse e a alimentação podem afetar a sua imunidade

28 outubro 2020 - 06h00Por MSN

Em tempos de pandemia e isolamento social, é natural que exista uma preocupação maior em manter a imunidade forte o suficiente para prevenir doenças e preservar a saúde. Como fazer isso? Especialistas apontam dois caminhos certeiros: reduzir os níveis de estresse diário e equilibrar a alimentação.

Nervosismo constante x Imunidade
Além de prejudicar a saúde mental, se estressar diariamente de forma negativa, quando há alteração constante de humor e irritabilidade, é um dos fatores que mais afeta o sistema imunológico.

“O estresse faz com que o organismo fique mais suscetível aos agentes patogênicos e à contração de doenças. Isso ocorre porque a exposição crônica e em excesso ao estresse tem como resposta a liberação de dois hormônios: cortisol e adrenalina, que inibem e dificultam a atividade das células do sistema imune”, explica a nutricionista Alessandra Feltre.

O cortisol é conhecido como o hormônio do estresse. Em situações normais, sua função é reduzir inflamações, acelerar os batimentos cardíacos e aumentar os níveis de açúcar no sangue.

O problema é que quando existe o estresse crônico, os níveis elevados de cortisol constantes na corrente sanguínea desgastam o corpo e causam inflamações.

“Em quantidade excessiva, esse hormônio deixa os mecanismos de defesa do organismo ineficientes, o que pode resultar em infecções frequentes e recuperação prejudicada, além de complicações cardiovasculares”, diz Alessandra.

Para reverter o quadro, o primeiro passo é identificar os gatilhos dos picos de nervosismo e buscar formas de aliviar essa tensão. Seja no trabalho ou no cuidado com as crianças, é importante reconhecer os seus limites e pedir ajuda.

Como aumentar a imunidade
Alimentação e sono inadequados, estresse constante e sedentarismo são consequências de uma rotina acelerada e desgastante. Rever alguns hábitos é essencial para encontrar um equilíbrio saudável. Listamos alguns deles!

Aposte na multinutrição
Manter uma alimentação equilibrada é um dos pontos principais para fortalecer a imunidade e a equilibrar os níveis de cortisol.

“A inclusão de alguns alimentos na rotina traz benefícios para a saúde imunológica. Fontes de vitamina C, vitamina D, triptofano, zinco, selênio, cálcio, própolis verde, astaxantina, probióticos, curcumina, flavonóides e ômega 3 são alguns nutrientes que não devem faltar”, detalha a nutricionista.

Entre os elementos que ajudam a modular o nível de cortisol quando está elevado, a profissional destaca o ômega 3, presente nos peixes como salmão selvagem, sardinha, arenque e atum.

O zinco, encontrado na carne vermelha, ostras, peixes, carnes em geral e sementes de abóbora; a L-theanina, um aminoácido que está presente principalmente nos chás verde, preto, branco e matchá e, por fim, o triptofano, encontrado em carnes, queijos, ovos e sementes diversas, como de abóbora e leguminosas.

Evite comida industrializada
Se na correria, você acaba recorrendo a opções rápidas porém com pouco valor nutricional, é importante tentar organizar a rotina. Deixar os vegetais lavados e separados no congelador ou geladeira, por exemplo, é uma alternativa que pode facilitar muito o preparo das refeições.

“Quando há um consumo exagerado e frequente de alimentos industrializados, substâncias xenobióticas, fast-foods e excesso de açúcares, o organismo fica vulnerável pela oferta pobre de nutrientes e aumento do processo inflamatório. É como se você abastecesse o seu carro com um combustível ruim. Ele vai andar, mas não tão bem como o que anda com o combustível bom”, avalia a nutricionista.

Fale com um profissional sobre suplementação
Sabemos que diante de uma rotina corrida nem sempre é fácil ingerir diariamente todos os nutrientes que o nosso corpo precisa.

Apostar na suplementação nutricional é uma forma prática e eficiente de compensar os desequilíbrios e deficiências da dieta moderna e fortalecer a imunidade.

Com isso em mente, é importante buscar por suplementos que tragam compostos naturais indispensáveis para o fortalecimento da imunidade.

A própolis verde extraída do alecrim-do-campo, por exemplo, é reconhecida por estudos internacionais como a mais eficiente variedade de própolis para efeito antiviral. Contém compostos ativos exclusivos como a artepelina C e bacarina que garantem o efeito antioxidante e anti-inflamatório.

Também vale priorizar os que contém zinco e selênio na composição. O primeiro mineral é capaz de reduzir significativamente o risco de infecções e promover a função imune, principalmente quando tomado diariamente, de maneira preventiva.

Já o selênio combate o estresse oxidativo e ajuda a defender o organismo, estimulando a imunidade. A deficiência do mineral prejudica o funcionamento das células de defesa e pode levar a uma resposta imunológica mais lenta.

Priorize o sono
É durante o sono que o nosso organismo realiza ajustes importantes para fortalecer as defesas naturais. Insônia e outros distúrbios do sono devem ser investigados e tratados!

Do contrário, as noites mal dormidas também podem resultar na liberação excessiva de cortisol e potencializar o estresse.

Uma dica para facilitar esse momento é criar um ritual antes de dormir. Ficar longe do celular, tentar acalmar a mente, prestando atenção na respiração, tomar um chá com ervas relaxantes, como a camomila e desligar um pouco.

Deixe o sedentarismo de lado
Pode ser que a pandemia tenha atrapalhado a sua rotina de atividades físicas, mas vale a pena tentar encontrar formas de se exercitar dentro de casa.

Além de reduzir as inflamações do corpo, a prática de exercícios facilita a produção de substâncias químicas naturais (endorfinas) que trazem a sensação de bem-estar e felicidade.

Buscar por aulas on-line de atividades como dança e yoga são alternativas para se movimentar e aliviar o estresse!

Leia Também

Força tarefa da Prefeitura de Dourados retira 50 árvores caídas
DEFESA CIVIL
Força tarefa da Prefeitura de Dourados retira 50 árvores caídas
REGIÃO
Homem é flagrado na BR-267 com droga que saiu de Dourados
Homem é esfaqueado durante discussão e é socorrido para hospital
REGIÃO
Homem é esfaqueado durante discussão e é socorrido para hospital
Última vítima de naufrágio no Pantanal é encontrada por bombeiros
TRAGÉDIA
Última vítima de naufrágio no Pantanal é encontrada por bombeiros
REGIÃO
Filhotes de beija-flor são resgatados de ninho após ventania
POLÍTICA
Aziz adia para quarta-feira a leitura do relatório da CPI
REGIÃO
Polícia resgata filhotes de pica-pau e periquitos que caíram de ninho em tempestade
ECONOMIA
B3 oferece cursos para quem quer aprender a operar no mercado de ações
REGIÃO
Sandero com mais de 220 quilos de drogas é apreendido na MS-162
ESPORTE
Mundial de Ginástica Artística começa nesta segunda-feira

Mais Lidas

CLIMA
ASSUSTADOR: Vídeo mostra chegada da tempestade de poeira em Dourados
DOURADOS
Asfalto de avenida cede na região Norte e trânsito é interrompido
CLIMA
Alan decreta situação de emergência após temporal que deixou rastro de destruição em Dourados
CLIMA
Ventos de 40 km/h causam estragos em Dourados