Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE

Caravana da Saúde dará prioridade a alunos da Rede Pública em 2018

01 janeiro 2018 - 19h04Por Da Redação

A construção e ampliação de hospitais estratégicos têm dado sequência ao amplo projeto de reestruturação da Saúde em Mato Grosso do Sul. Em Três Lagoas, o Hospital Regional está em fase de edificação. Já em Dourados, foi publicada licitação com a empresa que fará os trabalhos. Em Campo Grande, o hospital do Trauma está em conclusão 21 anos após o início da obra e deverá ser entregue no início de 2018.

Ainda na Capital, o hospital de Câncer Alfredo Abrão teve concluída a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o laboratório de diagnóstico e serão retomados os trabalhos na enfermaria. Todos com investimentos do Governo do Estado incluindo Corumbá, que receberá uma ala inteiramente nova, anexa à Santa Casa.

“Nossa lógica para a Saúde em MS é criar polos para atender os pacientes regionalmente, acabando com o deslocamento e com a superlotação, dando condições das pessoas serem atendidas perto de onde vivem”, explicou o Reinaldo Azambuja, ao apresentar as ações executadas de sua gestão neste ano à imprensa online, na semana passada.

Na Capital, o hospital do Trauma está em conclusão 21 anos após o início da obra e deverá ser entregue no início de 2018. Foto: Chico Ribeiro

Além dos novos hospitais, o Governo do Estado tem investido no aparelhamento de diversas unidades de atendimento por todo Mato Grosso do Sul. Também dobrou o número de leitos de UTI regionais em relação à oferta existente em 2015.

Atualmente, há leitos em Ponta Porã, Nova Andradina, Dourados, Coxim e Aquidauana. “Antigamente havia uma centralização do atendimento em Campo Grande. Criamos uma estrutura de alta complexidade mais próxima das regiões”, destacou.

Esse modelo de gestão já transforma a vida da população em diversos municípios, como em Coxim onde a implantação do serviço de hemodiálise no ano passado pôs fim ao drama de pacientes que três vezes por semana tinham de se deslocar centenas de quilômetros até a Capital.

Em Ponta Porã, o gerenciamento por uma Organização Social (OS) tem otimizado o serviço em diversos aspectos e o modelo tem se aperfeiçoado a cada atendimento. “Na relação com a OS, o Estado contrata os serviços e a organização tem que atender conforme solicitado”, lembrou o governador.

Em Ponta Porã, o gerenciamento por uma OS tem otimizado o serviço em diversos aspectos e o modelo tem se aperfeiçoado a cada atendimento. Foto: Assessoria HRPP

Caravana da Saúde

Após realizar mais de 37 mil procedimentos oftalmológicos e 25 mil cirurgias eletivas, a Caravana da Saúde iniciará uma nova etapa de atendimentos a pacientes de todo MS. Desta vez, o enfoque serão alunos da rede pública que possuam problemas de visão ou audição.

Além dos exames, o Governo do Estado irá possibilitar aos estudantes o acesso aos óculos e aparelhos auditivos como forma de corrigir o problema, melhorar seu rendimento escolar e sua qualidade de vida. Também serão oferecidos serviços como exames de câncer de mama e colo de útero, para acelerar o diagnóstico e o tratamento dos pacientes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Média móvel de casos supera 35 mil, maior marca desde setembro
Ciclista de 21 anos tem pernas esmagadas ao ser atropelada por carreta
JUSTIÇA
Universidade deve indenizar estudante por demora na entrega do diploma
INJÚRIA
Homem é denunciado por dizer que 'sapatão merece morrer'
SES articula ampliação de 60 leitos de UTIs em Mato Grosso do Sul
PANDEMIA
SES articula ampliação de 60 leitos de UTIs em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Health Brasil realiza campanha de conscientização sobre o câncer de próstata
ELEIÇÕES 2020
"Criada no Água Boa", prefeita eleita em SP diz querer mais mulheres na política
INTERNACIONAL
Covid: OMS reconhece queda de novos casos na Europa, mas pede cautela
COTAÇÃO
Dólar sobe nesta segunda, mas acumula queda de 6,82% em novembro
CLIMA
Após chuva rápida pela manhã, Dourados acumula 48.7 mm em novembro

Mais Lidas

DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados