segunda, 17 de janeiro de 2022
Dourados
37°max
26°min
Campo Grande
34°max
23°min
Três Lagoas
38°max
26°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Artuzi defende jornada de 6 horas aos servidores da Saúde

15 setembro 2003 - 14h54

O deputado estadual Ari Artuzi (PDT) ao tomar conhecimento da obrigatoriedade da jornada de oito horas imposta aos servidores públicos municipais da Saúde pela secretaria de Administração da prefeitura municipal de Dourados, disse que defende a manutenção de seis horas como vinha acontecendo até o mês passado.Todo o sistema público da Saúde está há vários anos funcionando a partir do horário obedecido pelos servidores, agora com a ampliação de seis para oito horas vários postos de saúde terão que fechar no horário de almoço, o que prejudica diretamente a população que necessita de atendimento e tem somente esse horário para buscar os serviços.“A pessoa que trabalha fora e tem somente o horário de almoço para buscar um serviço de vacinação para seu filho, por exemplo, encontrará a unidade de Saúde próxima de sua residência fechada e não terá acesso ao atendimento. Será que a população foi consultada ou avisada com antecedência pela prefeitura?”, questiona Artuzi.O deputado disse que está solidário aos servidores, que na sessão ordinária da Câmara desta terça-feira prometem lotar as galerias visando apoio dos vereadores pela manutenção da jornada, colocando seu escritório em Dourados e seu gabinete na Assembléia Legislativa à disposição do funcionalismo para que mais uma vez a população que tem um atendimento deficitário não seja penalizada.“O prefeito Laerte Tetila que tem consciência de que a Saúde é prioridade dentro do orçamento municipal, determina essa mudança no atendimento, altera o funcionamento no serviço de ambulâncias, deixa faltar remédios essenciais na Farmácia Popular, parece não ser o mesmo político combativo e solidário do passado e deixa a população mais carente que o elegeu a mercê da própria sorte”, desafia o deputado.Artuzi disse ainda que conhece muito bem as dificuldades das pessoas que buscam atendimento nos postos de Saúde e não vai permitir que o povo seja refém da irresponsabilidade e capricho dos administradores municipais. “Estarei ao lado dos servidores para que, com a manutenção da jornada de seis horas, a população não seja novamente penalizada”, finalizou Artuzi.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Juízes substitutos iniciam atividade judicante em MS
COMARCAS

Juízes substitutos iniciam atividade judicante em MS

Guarda prendeu mais de 100 condutores embriagados em 2021
BALANÇO

Guarda prendeu mais de 100 condutores embriagados em 2021

Afastamento de servidores faz prefeitura descentralizar atendimento sobre IPTU
DOURADOS

Afastamento de servidores faz prefeitura descentralizar atendimento sobre IPTU

MS

Estado convoca candidatos aprovados no concurso de apoio à Educação Básica

Câmara cria comissão especial para revisar regimento interno
DOURADOS

Câmara cria comissão especial para revisar regimento interno

FINAL DE SEMANA

Com som alto e bebidas, PM atende ocorrências de pertubação em Ponta Porã

MEIO AMBIENTE

Manual do Governo quer reduzir atropelamento de animais silvestres nas rodovias

5 A 11 ANOS

Vacinação em crianças deve começar nessa semana em UBS's de Dourados

TRAGÉDIA

Médica morre e duas pessoas ficam feridas em acidente na MS-164

ALUGUEL

Inflação medida pelo IGP-10 sobe 1,79% em janeiro, aponta FGV

Mais Lidas

REGIÃO

Carro pega fogo e motorista morre em colisão entre Dourados e Fátima do Sul

DOURADOS

Confusão próxima à região conhecida como 'cracolândia' deixa homem ferido

TRAGÉDIA

Motorista carbonizado em acidente na BR-376 morava em Dourados

DOURADOS

Detento é levado para a UPA após 'surtar' e bater cabeça várias vezes em grades de cela