quinta, 23 de maio de 2024
Dourados
31ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo ganha prêmio internacional

15 setembro 2023 - 06h46Por Da Redação

A acadêmica do 6º semestre de Arquitetura e Urbanismo da Unigran, Mariana Vilela Biscaro, conquistou o 2º lugar no prêmio internacional Arch Dots 2023. A premiação é somente para estudantes e busca destacar os projetos desenvolvidos durante a graduação.

O prêmio Arch Dots é dividido em quatro categorias, sendo Freshman, Sophomore, Junior e Sênior. Mariana participou da Junior, para acadêmicos do 3º ano. O coordenador do curso, Cézar Augusto Faria e Silva, explicou que o projeto apresentado por ela na premiação foi desenvolvido durante a disciplina de ‘Projeto V’, ministrada pela professora Silvia Toledo. 

“É uma prática da professora [Silvia] estimular os alunos que estão desenvolvendo o projeto, a inscreverem os trabalhos deles em concursos, nacionais ou internacionais. Agora, com esse prêmio, cremos que essa prática se torne ainda mais difundida dentro do curso”, comentou o coordenador.

Cézar ainda explicou que a professora da disciplina usa todos os parâmetros do concurso para que os acadêmicos desenvolvam seus projetos, para que, além de estarem aptos para a premiação, ainda possam ser comparados com de outras universidades, tanto nacionais, quanto internacionais.  

“Para o curso, é muito relevante essa premiação que ela ganhou, porque demonstra não só o preparo da própria acadêmica e do corpo docente, que embasou todo o conhecimento dela, mas conseguimos ver claramente a qualidade do ensino que é promovido no curso de Arquitetura e Urbanismo, porque o projeto que saiu daqui se destacou entre o de faculdades de outros países”, destacou o coordenador. 

Mariana contou que foi incentivada pela professora Silvia a se inscrever no concurso e não se arrepende, depois de conquistar o 2º lugar em sua categoria e sendo a única representante da América Latina. “Foi uma sensação única, pois não esperava por tal resultado, por ser um concurso internacional e ficar em 1º na América Latina, foi algo realmente maravilhoso”, relembrou a acadêmica.

Ela afirmou que pretender se inscrever em outros concursos. Inclusive já está preparando outro projeto, com um grupo de amigas, para a próxima premiação. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia incinera mais de uma tonelada de drogas em Bataguassu
REGIÃO

Polícia incinera mais de uma tonelada de drogas em Bataguassu

Chuvas retornam com força ao Rio Grande do Sul e nova onda de frio derruba as temperaturas
CHUVAS NO SUL

Chuvas retornam com força ao Rio Grande do Sul e nova onda de frio derruba as temperaturas

Terminal de passageiros: Geraldo Resende cobra solução para que licitação ocorra ainda em junho
AEROPORTO DE DOURADOS

Terminal de passageiros: Geraldo Resende cobra solução para que licitação ocorra ainda em junho

Local de prova do concurso da Caixa está disponível para os candidatos
GERAL

Local de prova do concurso da Caixa está disponível para os candidatos

Artesãs da Reserva Indígena de Dourados passam por capacitação para vender produtos online
OPORTUNIDADE

Artesãs da Reserva Indígena de Dourados passam por capacitação para vender produtos online

JUSTIÇA

Governo gaúcho tem dez dias para explicar mudança em código ambiental

TRAGÉDIA 

Chuvas já mataram 163 pessoas no Rio Grande do Sul

DOURADOS

Desafios para Saúde, Meio Ambiente e Planejamento Urbano

DOURADOS 

Homem é preso após furtar farmácia no Água Boa

TEMPO

Inmet divulga alerta de tempestade para Dourados e região

Mais Lidas

R$ 37 MILHÕES

Empresa é contratada para prolongar avenida do Centro até parque público de Dourados

BR-463

Douradense é preso com drogas em carro de luxo

REGIÃO 

Empresários são detidos por desvio de energia elétrica após operação do SIG

ITAPORÃ

Funcionário de fazenda morre durante manutenção em silo