domingo, 23 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
24°min
Campo Grande
35°max
23°min
Três Lagoas
39°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Vítima de homicídio não pode ser sepultada por falta de documento

26 novembro 2021 - 21h05Por G 1

A polícia prendeu o suspeito do homicídio do autônomo Gilmar da Silva Costa, de 40 anos, que ocorreu na madrugada desta quinta-feira, dia 25 de novembro, em Campo Grande. Em depoimento, Jhonny Anastacio Reinaldo do Nascimento confessou o crime e alegou legítima defesa.

De acordo com o auto de prisão, o suspeito disse que estava defendendo a si e a mulher, de suposta violência que seria cometida pela vítima.

Nascimento relatou a polícia que sua esposa pediu um empréstimo de R$ 200 a vítima e deixou o celular como garantia. Quando foi quitar o débito e pegar o aparelho de volta, ela teria sido assediada.

Nascimento relatou que aguardava do lado de fora da casa da vítima o retorno da mulher, quando teria ocorrido o assédio. Ele relata que teria entrado no local para “defender” a esposa e acabou matando Costa com vários golpes de faca.

O suspeito crime possui passagens pela polícia e acusações de roubo e furto qualificado nos anos de 2012 e 2014.

Corpo retido

Após o crime, a família de Costa tentou dar entrada nos trâmites para o enterro dele, mas descobriu que não seria possível porque o familiar, de 40 anos, não possui nenhum documento de registro civil (certidão de nascimento, identidade, CPF ou habilitação).

A família procurou o Ministério Público de Mato Grosso do Sul para saber quais providências tomar em relação ao caso e recebeu a informação de que levaria até 4 meses para o que o processo fosse finalizado e o corpo liberado do Imol.

“Ele não sabia ler. Então isso foi gerando uma vergonha nele e ele foi adiando, adiando”, contou a assistente de educação infantil Priscila Silva, 30 anos, sobrinha da vítima, sobre o fato de Gilmar não possuir documentos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governador do Rio detalha ações do programa Cidade Integrada
BRASIL

Governador do Rio detalha ações do programa Cidade Integrada

Terceira Turma realizará primeiras sessões de fevereiro por videoconferência
STJ

Terceira Turma realizará primeiras sessões de fevereiro por videoconferência

BRASIL

PDT questiona medidas de desestatização da companhia de saneamento do RS

BRASIL

Mostra de Tiradentes discute mudanças do cinema em meio à pandemia

Distrito Federal inicia vacinação de crianças a partir de 6 anos
COVID-19

Distrito Federal inicia vacinação de crianças a partir de 6 anos

MS

No período de férias, Bombeiros alertam para cuidados durante as trilhas

PANDEMIA

STJ convoca sessão extraordinária do Pleno para discutir retorno das atividades presenciais

COVID-19

Reforço de marca diferente é mais eficaz para vacinados com CoronaVac

BRASIL

Livraria do STF disponibiliza downloads gratuitos de obras

V Concurso Extrajudicial

TJ convoca candidatos para prova escrita e prática no dia 6 de fevereiro

Mais Lidas

REGIÃO

Grave acidente deixa oito mortos em rodovia

DOURADOS

Morto em confronto, além de ser suspeito de morte de menor, tinha extensa ficha criminal

DOURADOS

Dois são flagrados com droga na PED

TRÁFICO DE DROGAS

Cocaína que saiu da região de fronteira do MS é interceptada em SP