Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
AQUIDAUANA

UEMS inaugura hoje 1º Laboratório de Conservação da Flora Pantaneira

06 dezembro 2019 - 06h46Por Da Redação

A cooperativa Sicredi Pantanal MS e a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) inauguram, nesta sexta-feira, dia 06 de dezembro, o Laboratório de Conservação da Flora Pantaneira, localizado nas dependências da UEMS em Aquidauana, às 14 horas.

Em outubro de 2018, a Universidade procurou a cooperativa Sicredi Pantanal MS e apresentou o projeto para a construção do 1º Laboratório de Conservação da Flora Pantaneira, que por meio de coleta, caracterização e estudo dessa biodiversidade, criaria um banco de germoplasma – local para manter e conservar sementes e outros materiais de multiplicação de espécies vegetais fora do seu habitat natural.

Consciente de sua responsabilidade com o Planeta, o Sicredi aceitou o desafio e contribuiu com o valor necessário para a adequação do prédio que abrigaria o laboratório. “Nós não acreditamos que as empresas estejam aqui só para explorar o mercado, mas para fazer acontecer o futuro. Encontramos na UEMS uma grande parceria para que a gente preserve a flora pantaneira, nosso maior patrimônio natural, uma das maiores heranças que podemos deixar para as futuras gerações”, declarou Emerson Perosa, presidente da Sicredi Pantanal MS.

O reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, ressaltou que o convênio com o Sicredi mostra o interesse das empresas em trabalhar com as universidades.  “É um convênio importante para a Universidade, porque afirma o interesse da sociedade em trabalhar em parceria com a universidade pública. Com esse novo laboratório a UEMS poderá atuar mais na linha da biotecnologia, principalmente na conservação da flora do Pantanal”.

O sonho se tornou realidade e o Laboratório será inaugurado no próximo dia 06 de dezembro, pouco mais de um ano após o início do projeto. “Ainda estamos nos equipando, mas já conseguimos realizar pesquisas. Com os recursos para essa área ficando cada vez mais restritos, a parceria com o Sicredi foi fundamental para tornar tudo isso viável”, comemorou a coordenadora Deisy Lúcia Alexandrino Santos.

Ela lembra que essas plantas, além do valor social, representam um grande valor econômico para a humanidade. “Estas plantas podem constituir a base alimentar, serem fontes de princípios ativos para fármacos, alicerce das atividades agrícolas, pecuárias, pesqueiras, extrativistas e florestais e a base para a estratégia industrial, principalmente de biotecnologia. É extremamente necessário que nós conservemos a diversidade biológica para benefício das gerações presentes e futuras”, explicou.

A cerimônia de inauguração do Laboratório de Conservação da Flora Pantaneira será dia 06 de Dezembro no próprio laboratório, localizado nas dependências da UEMS em Aquidauana - MS, na Rodovia Graziela Maciel Barroso (MS 450), km 12,  às 14 horas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é multado em R$ 10 mil por manter duas antas em cativeiro
PANTANAL
Bombeiros superam cansaço e calor para controlar incêndios no Amolar
CAPITAL
Garras prende três com droga e munições para fuzil AK-47 na BR-163
LOTERIA
Confira as dezenas sorteadas da Mega-Sena; prêmio é de R$ 60 milhões
COXIM
Polícia Ambiental captura iguana em prateleira loja de utilidades
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil chega a 143.886 mortes por Covid e passa de 4,8 milhões de casos
DESCAMINHO
Polícia Militar apreende veículo com contrabando no distrito de Itahum
POLÍTICA
MS renova compromisso pelo fim do sub-registro e acesso à documentos
CAPITAL
Polícia divulga WhatsApp para denúncias sobre carro usado em sequestro
ARTICULAÇÕES
Planalto tira Carla Zambelli e bolsonaristas de vice-liderança na Câmara

Mais Lidas

REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Disputa pela prefeitura tem dois milionários e total de bens chega a R$ 13 milhões
CAPITAN BADO
Ataque de pistoleiros a veículo deixa dois mortos na fronteira