Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
MS

Tribunal de Justiça inicia curso de formação dos novos juízes substitutos

16 setembro 2021 - 18h50Por Da Redação

Teve início na manhã desta quinta-feira, dia 16 de setembro, o Curso Oficial de Formação Inicial para Magistrados, oferecido pela Escola Judicial de MS (Ejud-MS), em conjunto com a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), aos 14 novos juízes empossados em solenidade oficial na quarta-feira (15).

A abertura do curso ocorreu no Plenário do Tribunal Pleno e contou com a presença do presidente do Tribunal de Justiça, Des. Carlos Eduardo Contar, do vice-presidente do TJMS, Des. Sideni Soncini Pimentel, do diretor-geral da Ejud-MS, Des. Dorival Renato Pavan, do conselheiro Consultivo e de Programas da Ejud-MS, Des. Marco André Nogueira Hanson, dos membros integrantes da Comissão Organizadora do concurso, Des. Ruy Celso Barbosa Florence e o advogado Fábio Nogueira Costa, e do juiz auxiliar da Corregedoria-Geral de Justiça, César Castilho Marques. A juíza Luiza Vieira Sá de Figueiredo, coordenadora dos cursos da Ejud e desse curso inicial, também acompanhou o ato de abertura no plenário.

Transmitido ao vivo pelo canal do TJMS no Youtube, o evento contou ainda com a presença, por meio virtual, da secretária-geral da Enfam, juíza Cíntia Menezes Brunetta, do diretor da Escola Judiciária Militar de SP, juiz Fernando Pereira, e da juíza Maria Elisa Terra Alves, juíza de direito substituta do juízo militar e participante do curso de aperfeiçoamento de formação inicial.

No ato de abertura do curso, o presidente do TJ, Des. Carlos Eduardo Contar, agradeceu o trabalho desenvolvido pelo Des. Dorival Renato Pavan à frente da Ejud-MS e ressaltou os benefícios que essa capacitação dará aos novos magistrados. “Nós temos certeza de que todos trazem uma bagagem muito grande da ciência do Direito. O que se pretende é apenas esclarecer, mostrar a realidade do Judiciário sul-mato-grossense. E a prática, a vivência, aquilo que vocês vão adquirir ao longo do estágio preparatório a fim de, tão logo encerrado, vocês possam assumir como substitutos a jurisdição. Espero que esse período seja extremamente proveitoso porque é um período realmente de experiência, de troca, de vivência, e nós certamente estamos à disposição de todos”.

Em sua fala, o diretor-geral da Ejud-MS enfatizou que o curso foi desenvolvido e será realizado com a observância das determinações contidas na Resolução da Enfam que dispõe sobre os programas para formação e para o aperfeiçoamento dos magistrados. “O propósito desse curso é preparar os juízes substitutos, imediatamente após a posse, para o exercício da magistratura com ênfase na formação humanística e interdisciplinar visando ao desenvolvimento das competências necessárias para a aplicação do conhecimento teórico à prática judicante, a fim de alcançar efetivos resultados na prática dos serviços jurisdicionais no âmbito do Mato Grosso do Sul. Vocês terão aqui todo o apoio da Escola Judicial, na modelação dada pela Enfam, e estarão devidamente preparados para ingressar nas atividades sem as dificuldades que nós passamos e vivenciamos quando ingressamos na magistratura”, destacou o Des. Dorival Renato Pavan.

A secretária-geral da Enfam, juíza Cíntia Menezes Brunetta, esclareceu que a formação inicial surgiu com a Enfam em 2006 com a perspectiva de tentar trazer um pouco o que não está nos livros. “Por isso que os formadores de vocês serão, em regra, magistradas e magistrados com mais experiência. Em nome do diretor-geral da Enfam, ministro Og Fernandes, dou as boas vindas a todos à magistratura nacional, e agradeço novamente a recepção, tanto da Escola de Mato Grosso do Sul, como principalmente de seu Tribunal”, concluiu.

Após a cerimônia de abertura, os novos juízes foram encaminhados para a sala de aula onde se deu início à programação letiva.

Saiba mais – O curso é composto por três módulos, um local, um nacional e um eleitoral. A carga horária total do curso é de 480 horas-aula, sendo 40 horas do módulo nacional da Enfam, 416 horas-aula do módulo local e a prática judicante, e 24 horas do módulo eleitoral do TRE de Mato Grosso do Sul.

Nessa capacitação a participação é obrigatória, com frequência integral, como requisito para a aprovação, constituindo-se inclusive em etapa do processo de vitaliciamento nos termos da Resolução da Enfam.

“Nós vamos receber diversos palestrantes do Estado e de fora do Estado, pessoas com a maior capacitação profissional e técnica, muitos deles que fazem parte do corpo da Enfam e que vão subsidiar e ministrar valiosos ensinamentos teóricos e práticos para que os senhores possam ter a maior tranquilidade no início do exercício da judicatura propriamente dita”, destacou o diretor-geral da Ejud-MS.

Ao longo de todo este primeiro dia e também desta sexta-feira (17), os magistrados recém-empossados serão apresentados à estrutura administrativa do Poder Judiciário de MS. Já na semana seguinte terá início a segunda unidade do curso com a exposição do conteúdo programático do Anexo 2 da Resolução Enfam nº 2/2016, o qual seguirá até o dia 19 de novembro.

O curso de formação inicial segue até o dia 17 de dezembro. Após o recesso forense, no dia 7 de janeiro de 2022, os magistrados começarão a judicar efetivamente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARAGUAI
Raio cai sobre residência e mata casal além de um bebê de 10 meses
POLÍTICA
Conselho de Ética da UEMS prorroga inscrições para candidatos a eleição
Membro do PCC é o quarto preso de bando que roubou três aviões
NÚMEROS DA PANDEMIA
Média móvel de mortes por Covid completa 2 semana abaixo de 400
Homem morto em troca de tiros era especialista em invadir comércios
CAMPO GRANDE
Homem morto em troca de tiros era especialista em invadir comércios
MERCADO FINANCEIRO
Dólar comercial cai para R$ 5,55 em dia de ajustes no mercado
CAPITAL
Homem é suspeito de estuprar enteada durante idas da esposa à igreja
EDUCAÇÃO
MS lança programa para melhorar alfabetização da rede pública
PÓS TEMPORAL
Há quase 48h sem energia, moradores relatam dificuldades em bairro de Dourados
PORTO MURTINHO
Homem morre após perder controle de direção e cair em ribanceira

Mais Lidas

CÁRCERE PRIVADO
Tentativa de sequestro a criança termina com jovem preso em Dourados
CLIMA
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
ACIDENTE
Morto em acidente na BR-163 voltava de festa em Caarapó
DOURADOS
Vento supera 40 quilômetros por hora e grande perigo de tempestade inicia de tarde