sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
32ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
BATAGUASSU

Trabalho conjunto esclarece roubo majorado e prende cinco pessoas

11 junho 2024 - 22h35Por Da Redação

Na última sexta-feira, dia -09 de junho, a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Delegacia de Polícia de Bataguassu, em ação conjunta com a Polícia Militar, realizou a prisão de cinco suspeitos envolvidos em dois roubos ocorridos na cidade. Os crimes, majorados por concurso de agentes, tiveram como alvos uma conveniência e uma sorveteria da cidade.

Imediatamente após os roubos, as equipes policiais foram acionadas e iniciaram diligências utilizando imagens de câmeras de segurança para identificar e perseguir os suspeitos. Durante toda a madrugada, as forças de segurança trabalharam incansavelmente para localizar os responsáveis pelos crimes.

O primeiro suspeito, um homem de 45 anos, foi preso enquanto dirigia o veículo GM Vectra usado nos roubos. Durante a abordagem, ele confessou e revelou o esconderijo dos outros envolvidos.

As equipes policiais cercaram o imóvel indicado e, após uma incursão bem-sucedida, prenderam mais três suspeitos. Estes também confessaram os crimes e indicaram onde haviam ocultado os simulacros usados durante os roubos. As falsas armas de fogo foram encontradas em um terreno em frente à residência, juntamente com uma mochila também utilizada e que aparecem nas imagens.

Além das prisões, quase toda a res furtiva (dinheiro) subtraída foi recuperada. Parte do dinheiro estava na casa com os suspeitos, enquanto o restante foi apreendido com uma quinta suspeita, uma mulher de 25 anos, que foi localizada em via pública pouco depois e presa em flagrante e confessou o envolvimento no crime, tendo sido uma das executoras diretas no segundo roubo, utilizando-se de roupas masculinas e com capuz.

Os cinco suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia, onde foram autuados pelo crime de roubo majorado pelo concurso de pessoas. O Inquérito Policial será finalizado no prazo legal e encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público para as devidas providências.

Ressalta-se que a rápida ação das forças de segurança de Bataguassu demonstra a eficiência e a integração entre as Polícias Civil e Militar na repressão a crimes e na proteção da comunidade.

Participaram as diligências Policiais do SIG da Primeira Delegacia de Polícia Civil, da Delegacia de Polícia de Brasilândia, da Delegacia de Polícia Civil de Santa Rita do Pardo e do Núcleo Regional de Inteligência da Polícia Civil de Bataguassu, bem como Policiais Militares da Força Tática de Bataguassu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cheiro denuncia e motorista é preso com mais de 160kg de maconha em veículo
TRÁFICO

Cheiro denuncia e motorista é preso com mais de 160kg de maconha em veículo

LEGISLATIVO DE MS

Proposta versa sobre inserção dos jovens no mercado de trabalho em MS

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio
IMUNIZAÇÃO

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS
POLÍCIA

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS

Fortalecimento do SUAS foi tema de audiência pública realizada na Câmara
DOURADOS

Fortalecimento do SUAS foi tema de audiência pública realizada na Câmara

BRASIL

Produção industrial recua em cinco dos 15 locais pesquisados em abril

TRÁFICO

Polícia apreende em Itaquiraí droga que seria entregue em Santa Catarina

ANASTÁCIO

MPMS oferece denúncia contra policiais militares suspeitos pela morte de ex-vereador

BRASIL

Pacheco diz que projeto do aborto "jamais iria direto ao plenário"

CONTRABANDO

Dois são presos com mais de R$ 500 mil em produtos que seriam entregues em Dourados

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

DOURADOS

Com investimento de quase R$ 4,5 milhões, asfalto no Altos do Indaiá tem ordem de serviço autorizada