Menu
Busca quinta, 22 de abril de 2021
(67) 99257-3397
TJ/MS

Selo Justiça pela Paz em Casa começa a ser entregue nas comarcas

26 fevereiro 2021 - 21h20Por Da Redação

Os juízes e juízas de primeiro grau já começaram a receber em suas comarcas o Selo Justiça pela Paz em Casa. A forma de reconhecimento pelo trabalho foi instituída em maio de 2019, por meio da Portaria n. 1.482, com objetivo de reconhecer a excelência na qualidade, celeridade e efetividade da prestação jurisdicional pelas unidades judiciárias de 1º grau, de competência de violência doméstica e familiar contra a mulher em Mato Grosso do Sul.
 
A juíza Helena Alice Machado Coelho, que responde pela Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar em MS, lembra que não foi possível realizar solenidade de entrega dos Selos, em razão das medidas de segurança adotadas para conter a disseminação e contaminação do coronavírus. Embora o trabalho nas unidades judiciárias esteja voltando gradativamente ao presencial, a pandemia ainda não acabou.
 
“Enviamos os Selos para as comarcas, com nossos agradecimentos a cada colega que, sem prejuízo de outros processos, valorizou o esforço concentrado com o programa Justiça pela Paz em Casa, realizado três vezes ao ano pelo Conselho Nacional de Justiça. Todos ganhamos com esse trabalho”, disse Helena Alice.
 
O juiz Ronaldo Gonçalves Onofri, da Vara Criminal de Aquidauana, foi um dos agraciados com e Selo e, ao lado da equipe, fotografou o momento em que a honraria chegou ao cartório. O registro foi enviado para a Coordenadoria e mostra que é possível entregar ao cidadão uma prestação jurisdicional de qualidade.
 
“Trata-se de grande conquista fruto de trabalho, planejamento e esforço contínuo de toda a equipe do cartório e gabinete da Vara Criminal nas questões relacionadas à violência doméstica e familiar contra a mulher”, disse o juiz ao ser questionado sobre qual o sentimento da equipe ao receber o Selo.
 
Não se pode esquecer que, além do Selo enviado aos cartórios, os elogios funcionais foram encaminhados ao Conselho da Magistratura e à Gestão de Pessoal do Tribunal de Justiça para os apontamentos pertinentes.
 
Saiba mais – Receberam o Selo Ouro as comarcas de Anastácio, Coxim (Vara Criminal), Dourados (4ª Vara Criminal), Fátima do Sul (2ª Vara), Jardim (1ª e 2ª Varas) e São Gabriel do Oeste (2ª Vara).
 
Foram agraciadas com o Selo Prata as comarcas de Fátima do Sul (1ª Vara), Itaporã, Rio Verde de MT, Terenos, Três Lagoas (2ª Vara Criminal), Bonito (1ª e 2ª Varas), Nova Andradina (3ª Vara Cível) e Sidrolândia (Vara Criminal).
 
Alcançaram o Selo Bronze as comarcas de Aparecida do Taboado (2ª Vara), Campo Grande (1ª e 3ª Varas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher), Inocência, Itaquiraí, Aquidauana (Vara Criminal), Miranda (2ª Vara) e Rio Negro.
 
Além de reconhecer a excelência na qualidade, celeridade e efetividade da prestação jurisdicional, a instituição do Selo também pretendeu estimular a participação de magistrados e servidores no programa nacional Justiça pela Paz em Casa; além de reduzir a taxa de congestionamento de processos de violência doméstica e familiar contra a mulher na justiça de MS.
 
Objetivou ainda o Selo melhorar o índice de atendimento à demanda, decorrente de violência doméstica; diminuir a taxa de processos criminais decorrentes de violência doméstica e familiar contra a mulher extintos em razão da prescrição, e tornar público e notório o reconhecimento de magistrados e servidores que se empenham pelo fim da violência contra a mulher.
 
O Selo Justiça pela Paz em Casa compreende as categorias Ouro, concedido aos que alcançaram 170 pontos; Prata, para as varas que alcançaram 140 ou 150 pontos, e Bronze, entregue aos que alcançaram 120 ou 130 pontos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS espera produzir 9 milhões de toneladas de milho, mas estiagem já preocupa
AGRONEGÓCIO
MS espera produzir 9 milhões de toneladas de milho, mas estiagem já preocupa
Mentiras e covardias - mais um caso de omissão na violência doméstica
ARTIGO
Mentiras e covardias - mais um caso de omissão na violência doméstica
Contorno rodoviário garante agilidade e exportação recorde em hidrovia
PORTO MURTINHO
Contorno rodoviário garante agilidade e exportação recorde em hidrovia
Homem é preso por receptação ao ser abordado conduzindo veículo furtado
BR-163
Homem é preso por receptação ao ser abordado conduzindo veículo furtado
Jogos de cassino online: a melhor maneira de se divertir
ENTRETENIMENTO
Jogos de cassino online: a melhor maneira de se divertir
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 2,5 milhões nesta quinta-feira
DOURADOS
Discussão entre casal termina em homem ferido com facada na mão
EDUCAÇÃO
Aprenda Guarani em mais uma lição do Professor Elizeu
DOURADOS
Governador sanciona lei e sede do DOF é denominada Coronel Adib Massad
LEGISLATIVO DE MS
Deputados devem votar hoje PEC que altera o rateio do ICMS aos municípios

Mais Lidas

TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados
CLIMA
Dourados pode ter mínima abaixo de 10 graus na próxima semana, indica previsão 
BR-163
Mulher encontrada carbonizada estava desaparecida desde sábado
DOURADOS
Grupo receberia comissão se conseguisse negociar carga de maconha no Água Boa