Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
TRÊS LAGOAS

Secretaria de Saúde investiga morte de professora por suspeita de dengue

05 dezembro 2019 - 19h50Por Da Redação

A morte da professora aposentada Elaine de Sá Carneiro, ocorrida na tarde desta quinta-feira, dia 05 de dezembro, em Três Lagoas, será investigada após suspeitas de dengue pela Secretaria de Saúde do município.

Conforme nota da Prefeitura Municipal, a professora estava internada em hospital particular e não resistiu. Segundo o site Midiamax, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da equipe de Vigilância Epidemiológica, informou que investigará a morte de Elaine, para confirmar ou descartar a hipótese de um caso de dengue.

A professora Elaine, além de ex-presidente do Sinted (Sindicato dos Trabalhadores em Educação) de Três Lagoas e Selvíria, foi diretora executiva do Instituto de Previdência Social de Três Lagoas e diretora de Reme (Escola da Rede Municipal de Ensino).

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Dupla arma emboscada e mata jovem a tiros na fronteira
MS
Mercado de trabalho retoma contratações com destaque para indústria
NOVA ANDRADINA
Homem de 48 anos é multado em R$ 1 mil por maus tratos a cachorro
POLÍTICA
STJ nega pedido de Flávio Bolsonaro para anular decisões das 'rachadinhas'
IVINHEMA
Polícia Civil indicia mulher por provocar auto aborto em cidade de MS
UEMS
Projeto desenvolve "Sacolas de Inventar" para levar brincadeiras
CAMPO GRANDE
Polícia divulga foto de suspeito de assassinar garota de 18 anos a tiros
9ª REGIÃO MILITAR
Exército Brasileiro realiza a Operação Herácles de fiscalização em MS
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é multado em R$ 10 mil por manter duas antas em cativeiro
PANTANAL
Bombeiros superam cansaço e calor para controlar incêndios no Amolar

Mais Lidas

DECIBÉIS
Operação do Gaeco mira fraudes em licitações e cumpre cinco mandados em Dourados
INVESTIGAÇÃO
Policiais do Gaeco fazem nova operação em Dourados
DOURADOS
Gaeco deixa edifício com documentos apreendidos após mais de 5h
CAPITAL
Mulher com mandado de prisão em aberto é executada com oito tiros