Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
REGIÃO

PMA aplica multa de R$ 25 mil após constatar degradação em APP

12 dezembro 2019 - 13h50Por Da redação

Um arrendatário de uma fazenda em Cassilândia foi autuado em R$ 25 mil por degradar áreas protegidas de nascentes e matas ciliares por falta de conservação de solo, as chamadas APP (Área de Preservação Permanente). 

A PMA (Polícia Militar Ambiental) realizou fiscalização nas propriedades rurais do município nesta quarta-feira (11) e autuaram um arrendatário de uma fazenda de 55 anos por degradação de área protegida de preservação permanente. 

O infrator, residente em Chapadão do Sul, realizou a mudança de uso do solo com remoção da vegetação em uma área próxima as nascentes de um curso d’água, adentrando também as matas ciliares, que corta a propriedade e não tomou medidas de conservação, especialmente, o terraceamento para evitar degradação.

As atividades foram interditadas e o arrendatário rural foi notificado a apresentar um Prada (Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada), junto ao órgão ambiental estadual.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BENEFÍCIO
Caixa abre uma agência hoje em Dourados para pagamento de auxílios
TV DOURADOS NEWS
Eu sou um político de grupo, diz Wilson Matos pré-candidato a prefeito em Dourados pelo PTB
CAPITAL
Modelo é estuprada sob ameaça e usa rede social para falar do crime
POLÍTICA
Maia diz que visita de secretário de Trump afronta autonomia do Brasil
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 22 mil por desmatamento ilegal de vegetação nativa
FUTEBOL
Prefeitura do Rio autoriza volta do público aos jogos no Maracanã
CAPITAL
Um dia após pedir medida protetiva, mulher tem pertences incendiados
RECURSOS NATURAIS
Egressa da UEMS desenvolve cosméticos artesanais veganos
SÃO GABRIEL
Censurado, outdoor anti-bolsonarista amanhece com Artigo da Constituição
UFGD
Inscrições ao Vestibular de Licenciatura em Letras-Libras começam 2ª-feira

Mais Lidas

PERIGO POTENCIAL
Vendaval pode atingir Dourados e outras 35 cidades de MS, segundo alerta do Inmet
DOURADOS
Mulher estaciona em vaga preferencial e é xingada por médico
ELEIÇÕES 2020
Convenções chegam ao fim e sete nomes são lançados à prefeitura de Dourados
FRONTEIRA
Estudante morre após procedimento estético em clínica clandestina