Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
COSTA RICA

Pavimentação na MS-223 segue acelerada e cenário começa a mudar

01 março 2020 - 07h58Por Da Redação

As obras de pavimentação da rodovia MS-223, que liga Figueirão a Costa Rica, seguem em ritmo acelerado e um dos trechos da rodovia já está com mais de 60% dos serviços concluídos. Com exatos 61 quilômetros de extensão, a rodovia está recebendo asfalto, terraplanagem e drenagem, o que substituirá a estrada de terra por um cenário que dará mais segurança aos viajantes. O empreendimento ainda amplia a malha viária estadual pavimentada e abre uma nova opção de escoamento da produção regional – boi, grãos, milho, cana-de-açúcar e algodão.

A Agência de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul (Agesul), responsável pelo projeto, dividiu a pavimentação em dois trechos: de 32,5 km, no sentido de Costa Rica para Figueirão, e 28 km, no sentido oposto.

A maior extensão  já está com 60% dos serviços realizados e a previsão de entrega é agosto deste ano. Já a pavimentação dos 28,5 quilômetros deve ser entregue em janeiro de 2021, e 40% dos trabalhos já foram finalizados. O investimento total da obra, oriundo do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul), é de mais de R$ 88 milhões.

A chegada da infraestrutura rodoviária abre uma nova fronteira agropecuária, com a introdução de lavouras de grãos associadas à pecuária e cana-de-açúcar, hoje predominantes no nordeste do Estado. Para o secretário-adjunto Luis Roberto Martins de Araújo, é uma obra estratégica do ponto de vista da logística. “Com certeza, vai alavancar o escoamento da produção da região, gerando desenvolvimento, mais empregos”, pontuou, durante a inspeção ao trecho Costa Rica-Figueirão. “Além de fomentar a economia de vários municípios, o asfalto reduzirá distâncias e tempo, incidindo no barateamento do frete e custo de produção”, completou.

Enquanto o projeto de pavimentação da MS-223 estava em processo de licitação, a rodovia, que era quase intransitável, recebeu revestimento de cascalho executado pela Agesul, garantindo trafegabilidade o ano todo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Major da reserva da PM morre em decorrência do novo coronavírus
REPARAÇÃO HISTÓRICA
Volks faz acordo para reparar violações dos direitos humanos na ditadura
CAMPO GRANDE
Homem invade casa da ex e agride atual com socos e golpe de marreta
BRASIL
Caixa Econômica lança a "Super Sete" nova modalidade de loteria
POLÍCIA
Homem morre ao tentar invadir delegacia de Glória de Dourados
RIO DE JANEIRO
Alerj autoriza continuidade do processo de impeachment contra Witzel
DESCAMINHO
Polícia apreende carreta com cigarros e causa prejuízo de dois milhões
JUSTIÇA
Loja deve trocar produto que apresentar defeito até 6 meses de uso
PRESIDENTE INVESTIGADO
Julgamento no STF sobre depoimento de Bolsonaro será em plenário virtual
ITAQUIRAÍ
Ação conjunta prende traficante e apreende duas toneladas de drogas

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado atropela cinco pessoas que voltavam da igreja no Novo Horizonte
DOURADOS
Após bebedeira, homem é assassinado por “dar em cima” de esposa do acusado
DOURADOS
Motorista que fez 'strike' e atropelou cinco no Novo Horizonte é levado à PED
DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida