Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE

"Ônibus da Saúde" leva atendimento oncológico até Fátima do Sul no próximo sábado

22 novembro 2017 - 18h50

O programa de prevenção “Ônibus da Saúde” leva atendimento especializado em oncologia até Fátima do Sul, município distante 248 km, no próximo sábado (25). O programa tem como objetivo levar procedimentos oncológicos que a população do interior do Estado não tem acesso. O Ônibus é equipado com sala de exames ginecológicos, sala de mamografia, consultório médico e centro para pequenas cirurgias, além de uma experiente equipe de médicos. O "Ônibus da Saúde" estará estacionado na Rua Helena Alves Sobrinho, 2157, esquina com Rua Major Pedro Henrique Cavalcante.
 
O foco do programa de prevenção é combater os dois tipos de câncer que mais atingem as mulheres: o de colo de útero e o de mama que, quando diagnosticados no início, têm maiores chances de cura. A diretora de Assistência à Saúde da Caixa dos Servidores, Maria Auxiliadora Budib, explica que os pacientes são todos agendados previamente pela equipe da Cassems e pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que realiza uma triagem em mulheres com atrasos em seus exames.
 
“Nós listamos todas as beneficiárias que não realizam exames preventivos e selecionamos os casos mais críticos. Existem episódios de beneficiárias com atraso de mais de dez anos”, explica Budib.
 
A funcionária pública Oresta Borges de Arruda, 56 anos, que é moradora de Pedro Gomes e nunca havia feito uma mamografia, destaca a facilidade de ter esse tipo de atendimento na porta da sua casa.
 
“Achei muito boa essa oportunidade de ter o ônibus aqui, por causa da facilidade que traz para nos beneficiários. Eu, por exemplo, nunca fiz uma mamografia e há quatro anos não faço um preventivo. Isso porque eu não posso ir até Campo Grande porque é difícil, principalmente por causa do trabalho. O ônibus vindo até aqui é muito mais fácil, porque eu faço todos os procedimentos que ele oferece, com uma equipe boa e com profissionais gabaritados”, comemora Oresta.
 
Viabilizador do programa, o presidente da Caixa dos Servidores, Ricardo Ayache, explica que a prevenção é o melhor caminho para evitar esse mal. “A Cassems insiste na prevenção porque o câncer de colo de útero e o câncer de mama são doenças silenciosas, sem sintomas nas fases iniciais”, disse Ayache.
 
O presidente também salienta que se detectado a doença na fase inicial o tratamento é totalmente eficiente, impedindo o desenvolvimento do câncer. “É muito importante realizar o exame preventivo anualmente e a mamografia a cada dois anos”, pontua Ayache.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Mais três pessoas morrem de coronavírus em Dourados
DOURADOS
MP contesta prefeitura e diz que pandemia não deve ser motivo para não convocação de remanescentes da Guarda
MAUS-TRATOS
Homem é detido após espancar e atirar contra cachorro em assentamento
TRÊS LAGOAS
Discussão entre cunhados termina com homem esfaqueado
PROPOSTA
MS pode ter semana estadual do 'Lixo Zero'
APARECIDA DO TABOADO
'Vendedor de pó' é preso e dinheiro do tráfico apreendido
COSTA RICA
Homem que matou mulher a golpes de machadinha é condenado a 29 anos
FUTEBOL
Três jogos movimentam a penúltima rodada do 1º turno do Brasileirão hoje
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é multado em R$ 10 mil por desmatar área ambiental
HARRISON DE FIGUEIREDO
Moto com numeração raspada é apreendida e homem preso por receptação

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
TRÁFICO DE DROGAS
Jovens que saíram de Dourados são flagrados com maconha no interior paulista
PONTA PORÃ
PF faz segunda maior apreensão de cocaína do ano em MS