Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021
(67) 99257-3397
CORONAVÍRUS

Municípios devem alimentar sistemas de vacinas para receberem novas doses, diz secretário

19 abril 2021 - 12h26Por Jessica Beatriz

Na manhã desta segunda-feira (18), durante a transmissão do boletim epidemiológico do coronavírus, o secretário de Saúde Geraldo Resende afirmou que os municípios deverão atualizar os sistemas de vacinas para continuarem recebendo novas doses do imunizante contra o coronavírus.

A medida da Secretaria de Estado de Saúde (SES) foi adotada porque tem ocorrido conflitos na atualização dos dados das vacinas nos sistemas do Ministério da Saúde SI-PNI (Sistema de Informação do Plano Nacional de Imunização) e do E-Vacine, criado no Estado para agilizar as informações.

Conforme o responsável pela pasta da Saúde, Mato Grosso do Sul receberá novas vacinas de acordo com a atualização de ambas as plataformas. Por isso, secretários municipais são orientados a atualizarem as plataformas, até a próxima quarta-feira (21), para receberem novas doses.

Vacinação em MS

Até o momento, o Estado aplicou 599.859 doses de vacinas contra o coronavírus. O público meta é de 2.528.455, porém, a parcela estimada na fase 1 é de 614.739 pessoas. Foram enviadas 708.010 doses de imunizantes aos municípios.

De acordo com o “vacinômetro”, criado pelo Governo do Estado, da população total de MS, 15,13% recebeu a primeira dose e 6,22% a segunda dose. Em relação ao público estimado para imunização na primeira fase, a primeira dose foi aplicada em 76,82% e a segunda em 31,61%.

Os municípios que mais aplicaram doses foram: Jateí (105,41%), Sonora (103,96%), Chapadão do Sul (103,72%), Alcinópolis (102,54%), Ribas do Rio Pardo (101,94%), Nova Alvorada do Sul (101,94%), Paraíso das Águas (101,75%), Pedro Gomes (100,33%), Rio Negro (99,91%) e Deodápolis (98,81%).

Os municípios que apresentam acima de 100% das doses aplicadas, os fracos enviados pelos laboratórios Butantan e Fiocruz, são apresentados com 5 ml na bula, porém, foi observado que possuem volume extra, podendo chegar a 12 doses, e alguns estão abaixo, contendo 9 doses.

Já os que menos aplicaram são os seguintes: Dourados (65,80%), Ladário (74,28%), Sete Quedas (75,10%), Aral Moreira (75,45%), Três Lagoas (79,81%), Rochedo (80,02%), Corumbá (80,27%), Juti (80,52%), Coxim (81,33%) e Bodoquena (81,50%).
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
GERAL
Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
PANDEMIA
Como fazer suas compras de mantimentos de forma segura
PANDEMIA
Covid-19: o que fazer com as compras quando chegar em casa
CPI
CPI mira vacinas em audiências com Anvisa e Pfizer
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
DIREITOS HUMANOS
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
POLÍTICA
Pauta do Plenário tem três MPs, Loteria da Saúde e proibição de reajuste de medicamentos
SAÚDE
Pesquisa mostra aprofundamento de desigualdades na infância
GERAL
Explosão de gás destrói restaurante em Belém
ASTRAZENECA
Ministério da Saúde anuncia distribuição de doses para próxima segunda
POLÍTICA
Secretaria da Mulher debate situação das domésticas na pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher presa com armas, drogas e veículos mantinha relacionamento com interno da PED
JÓQUEI CLUBE
Jovem é presa em Dourados com armamento de uso restrito, drogas e veículo clonado
DOURADOS
Carga de tijolos cai de caminhão em rotatória na Coronel Ponciano; veja vídeo
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido