Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
PONTA PORÃ

Mulher acaba na delegacia após arremessar filho de 4 anos no chão

14 agosto 2020 - 07h52Por Da Redação

Uma mulher de 51 anos acabou sendo levada para a delegacia de Ponta Porã, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai, depois de agredir o filho de 4 anos e uma vizinha presenciar e acabar chamando os policiais, nesta quinta-feira, dia 13 de agosto.

Segundo relatos da avó da criança, por volta das 17h30 de ontem, a mulher que estaria embriagada e passou a agredir o menino o puxando pelas orelhas e depois pelos cabelos, sendo que em seguida o teria arremessado contra o solo.

Segundo o site Midiamax, a avó do menino tentou intervir e acabou sendo agredida pela mulher com socos e ainda teve os óculos quebrados. Quando a polícia chegou ao local teve de usar de força para conter a autora que estava descontrolada. Ela disse que a confusão teria começado depois de uma briga com sua irmã, que a agrediu.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Amplitude térmica passa de 14 graus no início da primavera
LOTERIA
Mega-Sena fica sem acertador mais uma vez e prêmio acumula em R$ 50 milhões
TV DOURADOS NEWS
Angelo Ximenes disputa eleição como presidente da Mútua dia 1 de outubro
FRONTEIRA
Traficante é preso com arma e 3,7 toneladas de maconha em chácara
REGIÃO
Senador Nelsinho Trad conquista mais R$ 38 milhões da União para MS
UFGD
Workshop de Plantas Medicinais será realizado em formato online
BONITO
Quartel do Corpo de Bombeiros terá investimento de R$ 3,1 milhões
AMAMBAI
Homem é preso acusado de estuprar três filhas e engravidar uma delas
TEMPO
Quinta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
COVID-19
Major da reserva da PM morre em decorrência do novo coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada