Menu
Busca segunda, 19 de abril de 2021
(67) 99257-3397
MS

Mais cinco cidades registram casos de chikungunya em MS

03 março 2021 - 17h04Por Gizele Almeida

Boletim divulgado nesta quarta-feira (03) pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) mostra que os casos de chikungunya aumentaram razoavelmente em Mato Grosso do Sul, no período de um mês. Como mostrado pelo Dourados News, no levantamento de fevereiro, havia apenas um caso da doença. No atual, o registro total é de oito casos confirmados. 

O caso isolado havia sido registrado em Aparecida do Taboado, no mês anterior. Agora registram casos também as cidades de Nioaque (02), Bonito (02), São Gabriel do Oeste (01), Ladário (01), Camapuã (01). 

Os dados mostram ainda que o Estado registra 43 casos suspeitos da doença, em 18 cidades. A maioria destes está concentrada em Nioaque, 11 no total. Ladário possui 6. Bataguassu e Corumbá tem quatro casos cada. Em Três Lagoas são 3. 

As mulheres são a maioria entre os casos suspeitos da doença, representando 71,4% do total, enquanto os homens representam 28,6%. 

Dourados ainda não possui casos prováveis ou suspeitos da doença. 

Em todo o ano de 2020 foram registrados 194 casos prováveis da doença. 

A doença

A Chikungunya (CHIKV) é transmitida pela picada de fêmeas infectadas de Aedes aegypti. A doença pode evoluir em três fases: febril ou aguda, pós-aguda e crônica. 

Conforme a SES, a fase aguda da doença tem duração de 5 a 14 dias. A fase pós-aguda tem um curso de até 3 meses. Se os sintomas persistirem por mais de 3 meses após o início da doença, considera-se instalada a fase crônica. Em mais de 50% dos casos, a artralgia torna-se crônica, podendo persistir por anos. 

Alguns pacientes podem apresentar casos atípicos e graves da doença, que podem evoluir para óbito com ou sem outras doenças associadas, sendo considerado óbito por chikungunya.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Mulher vai até o quarto das filhas e flagra marido estuprando uma delas
Em mais um ciclo de Colações Virtuais, UEMS forma 280 profissionais
EDUCAÇÃO
Em mais um ciclo de Colações Virtuais, UEMS forma 280 profissionais
Família aciona polícia após mulher morrer com traqueia perfurada
Com 100% dos leitos ocupados, Dourados tem 16 pacientes na lista de espera por UTI Covid
PANDEMIA
Com 100% dos leitos ocupados, Dourados tem 16 pacientes na lista de espera por UTI Covid
Homem dá tapa no rosto de esposa e a faz descer do carro com a filha
DOURADOS
Prefeitura prorroga medidas restritivas contra a Covid e mantém 'lei seca' após as 21h
LAGUNA CARAPÃ
Três veículos com produtos de descaminho são apreendidos em rota de contrabando
FERIADÃO
Comarca de Miranda não terá expediente entre hoje e quarta
BRASIL
Após uma semana, vacinação contra gripe atinge 1,8% do público-alvo
REGIÃO
Trabalhadores rurais encontram corpo carbonizado às margens da BR-163

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
DOURADOS
Interno morre após briga com companheiro de cela da PED
PED
Arma de fabricação caseira é encontra em cela de interno morto