Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99257-3397
REGIÃO

Lockdown leva douradenses a cidade vizinha para comprar bebidas e pagar contas

09 junho 2021 - 13h58Por Thalyta Andrade

O decreto nº 400 que estabeleceu ‘lockdown’ ou ‘fecha-tudo’ em Dourados desde o dia 30 de maio até o dia 12 de junho, levou muitos douradenses a buscarem em cidades vizinhas atendimento em comércios, principalmente para compra de bebidas alcoólicas e pagamento de contas em casas lotéricas.

É o que aconteceu em Itaporã, distante 15km do município e com pouco mais de 25 mil habitantes, que viu a movimentação no comércio dobrar nos últimos dias, com pico registrado no feriado de Corpus Christi, na semana passada.

Conforme apurado pela reportagem do Dourados News na ‘cidade do peixe’, o cenário beneficiou o comércio, mas trouxe também a preocupação com a disseminação da Covid-19, que foi o motivo para que Dourados esteja vivendo lockdown de 14 dias.

“O problema é sério e difícil de controlar 100%. E com a medida de Dourados, por exemplo, ocorreu sim uma movimentação maior em Itaporã, na lotérica, no banco, em supermercado também. Claro que esse fluxo de douradenses aqui na cidade é um risco maior. Pode passar gente daí para cá com o vírus ou o contrário, tudo é possível”, explicou ao Dourados News o prefeito de Itaporã, Marcos Pacco (PSDB), que garantiu ainda que apesar do aumento de fluxo, as aglomerações foram contidas, dentro do trabalho de fiscalização em meio a pandemia que a cidade já realiza rotineiramente.

No entanto, por influência da alta circulação de douradenses, o prefeito junto de demais representantes da administração municipal realizaram uma reunião ontem (8) para discutir a questão e a implantação de barreira sanitária na entrada da cidade.

“Tem essa possibilidade, discutimos ontem [8]. Deve ser estabelecido entre hoje ou amanhã, na entrada da cidade. Não tem outra maneira e é o mínimo que podemos fazer [para controle]. São várias coisas que afetam. Estávamos até considerando exigir o atestado de vacina ou teste negativo para a Covid, mas isso ainda está sendo avaliado. Dourados teve a questão de chegar à bandeira cinza [na classificação estadual de risco da Covid] e aí o prefeito realmente teve que tomar uma decisão. É difícil, mas ser omisso é pior. Não chegamos nesse nível de bandeira então estamos seguindo 100% as recomendações estaduais de controle. Mas, a situação de Dourados [lockdown] influenciou com certeza essa questão de barreira sanitária”, esclareceu Pacco.

Comércio beneficiado, porém preocupado com a Covid-19

Dono da única casa lotérica de Itaporã, Mario Tokuo Kinukawa falou sobre o aumento no fluxo de douradenses na cidade. A alta, segundo ele, gerou filas e necessidade maior de controlar os cuidados de biossegurança.

“A gente percebeu, aumentou mais ou menos uns 40% com muita gente vindo de Dourados para fazer jogos, pagamentos de contas e sacar auxílios ou benefícios. Essa movimentação maior é algo bom pelo olhar comercial, mas a gente sempre se preocupa com a Covid né? De modo geral, recomendando aos clientes para evitar a aglomeração. Todo mundo que vem aqui é atendido. Não incomoda. Só precisamos instruir as pessoas mesmo”, explicou o comerciante.

A reportagem do Dourados News esteve em um supermercado na entrada da cidade.

No estacionamento, a metade dos veículos era com placas de Dourados e conforme o departamento de marketing da franquia, na última semana houve um aumento considerável de demanda.

Em uma conveniência também na entrada da cidade, o estoque chegou a esgotar somente no feriado da semana passada, com a maioria dos clientes, douradenses, carregando fardos de bebidas alcoólicas.

“Percebemos isso quando começou a chegar muito carro aqui. Ficamos na entrada da cidade então aqui é o primeiro ponto. Então quando a gente perguntava de onde eram, por causa da quantidade de bebida que estavam levando, eles diziam que eram de Dourados e que vir aqui para Itaporã foi a alternativa por causa do lockdown. Pessoal basicamente saia carregado. Levavam quantidade grande de bebida”, explicou Renan Toledo, funcionário do estabelecimento.

Toledo contou ainda que a movimentação praticamente dobrou, mas também destacou que apesar de ser bom para as vendas no comércio, há o medo com relação à Covid.

“Dá um medo, com certeza, porque lá já está fechado por questão da quantidade de casos, então quando eles começam a vir para cá a gente fica meio apreensivo. Porque querendo ou não pode ser uma coisa que venha a fazer acontecer um aumento de casos aqui. O que a gente pode fazer, estamos fazendo. Cuidamos e não atendemos cliente sem máscara, incentivamos o uso de álcool, orientamos distanciamento e esse foi um meio de tentar controlar nessa corrida de douradenses para cá”. 

Números da Covid-19 em Itaporã

Conforme os dados do Governo do Estado, Itaporã encontra-se em bandeira vermelha, de classificação de ‘risco alto’, no Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia). Essa classificação mantém um toque de recolher diário a partir das 21h até 5h.

Até o ontem (8), conforme os dados do boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual de Saúde), o total de casos confirmados da Covid-19 na cidade era de 1.806 e o total de mortes registradas era de 43.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEPUTADOS
Câmara aprova urgência para revisão da Lei de Improbidade Administrativa
Pelo menos 30 estabelecimentos foram notificados no primeiro dia útil pós-lockdown
DOURADOS
Pelo menos 30 estabelecimentos foram notificados no primeiro dia útil pós-lockdown
Veículo furtado é recuperado em cruzamento
POLÍCIA
Veículo furtado é recuperado em cruzamento
Com maconha escondida no MS, adolescente é detido em São Paulo
POLÍCIA
Com maconha escondida no MS, adolescente é detido em São Paulo
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda de 0,53%, à espera das decisões de política de juros do Fed e do Copom
FARMÁCIA SOLIDÁRIA
Programa vai auxiliar famílias de baixa renda com distribuição de medicamentos
PONTA PORÃ
Polícia estoura entreposto e apreende quase uma tonelada de maconha
PANDEMIA
Procon intensifica fiscalização nas filas de estabelecimentos em Dourados
COVID-19
MS transfere mais três pacientes para Rondônia nesta terça-feira
POLÍCIA
Veículo é apreendido com produtos de descaminho

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescente morre atropelado na BR-163 e condutor foge do local
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
DOURADOS
Jovem é encontrado caído em via na área central e estado de saúde é grave
DOURADOS
Homem tem carro furtado depois de ir com quatro pessoas para motel na BR-463