Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
JUSTIÇA

Juíza decreta prisão preventiva de guarda municipal suspeito de feminicídio

01 março 2020 - 20h00

A juíza titular da 1ª Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Capital, Helena Alice Machado Coelho, decretou, durante o plantão deste domingo, dia 1º de março, a prisão preventiva do guarda municipal Valtenir Pereira da Silva, suspeito de matar na noite de sábado (29) a ex-namorada, Maxelline Santos, de 28 anos. Ele ainda matou um amigo dela e feriu a esposa do amigo.

A delegada plantonista da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Elaine Cristina Ishiki Benicasa, que atendeu a ocorrência, fez o pedido de prisão preventiva pelos crimes dolosos cometidos pelo guarda. Segundo o site Midiamax, o mandado foi concedido pela juíza Helena Alice, portanto o ex-namorado de Maxelline deve permanecer preso, mesmo caso se apresente na delegacia passadas as 24 horas que configuram o flagrante.

A assessoria do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) divulgou um documento no qual aponta que Valtenir Pereira da Silva ficou ciente da medida protetiva contra ele, no dia 24 de fevereiro. Na manhã deste domingo (1º), foi noticiado, com base em informação repassada na Deam, que havia um pedido de medida protetiva em aberto, faltando apenas a intimação do suspeito. Contudo, o TJ afirma que ele foi sim notificado e, por ter descumprido, teve a prisão decretada nesta tarde.

Maxelline Santos registrou um boletim de ocorrência por violação de domicílio e ameaça, no fim do mês passado, contra o suspeito. Na delegacia, na ocasião, a professora contou que manteve relação com o guarda municipal, mas ele não aceitava o fim do relacionamento.

A vítima pediu uma medida protetiva de urgência, que foi autorizada pela juíza Jacqueline Machado. Cinco dias após ser intimado e ficar ciente da medida protetiva, Valtenir Pereira da Silva matou a ex-namorada e o amigo dela a tiros durante um churrasco no Jardim Noroeste.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Pessoas que contrariam covid-19 podem doar sangue após 30 dias
Carga com 450 pacotes de cigarros paraguaios é apreendida em distrito
CONTRABANDO
Carga com 450 pacotes de cigarros paraguaios é apreendida em distrito
Atividade agrícola deixa parte do rio Formoso em Bonito com cor vermelha
MULTA DE R$ 124 MIL
Atividade agrícola deixa parte do rio Formoso em Bonito com cor vermelha
A um mês do Natal, comércio aguarda resposta da prefeitura sobre horário estendido
DOURADOS
A um mês do Natal, comércio aguarda resposta da prefeitura sobre horário estendido
'Calorão' em Dourados terá máximas de 37°C até o final de semana
SEM CHUVA
'Calorão' em Dourados terá máximas de 37°C até o final de semana
PANDEMIA
Política de atenção à saúde mental das vítimas da Covid-19 pode ser instituída em MS
FUTEBOL
São Paulo e Corinthians entram em campo nesta quarta pelo Brasileirão
APRECIAÇÃO PARLAMENTAR
Executivo encaminha proposta para reduzir taxa de transferência de veículo pelo Renave
TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Homem leva facadas em briga de bar e polícia prende suspeitos
ECONOMIA
Pandemia provoca redução de investimentos estrangeiros no Brasil

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
ENTERPRISE
Operação contra tráfico internacional de cocaína cumpre mandado de prisão em Dourados
CAPITAL
Funcionária de restaurante é presa em flagrante após furtar dinheiro do caixa
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia