segunda, 15 de agosto de 2022
Dourados
35°max
20°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
PARANAÍBA

Idoso acusado de estuprar adolescentes morre antes de ser julgado

25 novembro 2020 - 18h05Por Da Redação

Um idoso de 70 anos, acusado de estuprar dois adolescentes de 14 e 15 anos, um deles, deficiente mental, morreu antes de ser julgado pelos crimes, em Paranaíba, cidade localizada na região |Leste do E|stado. Os abusos foram descobertos em 2019 e a denúncia formalizada em outubro deste ano.

Os estupros foram descobertos após denúncia anônima. Consta na ação do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), de 28 de outubro, que os abusos em relação ao adolescente de 15 anos, deficiente mental, ocorreram entre os meses de janeiro a setembro de 2019, em uma fazenda do município, de propriedade do sogro dele, mas administrada pelo acusado.

De acordo com o site Campo Grande News, o idoso teria permitido que a família do adolescente morasse em uma casa na propriedade, gratuitamente, para ajudá-los. Consta na denúncia que, um dia, pediu que o garoto fosse até a sede da fazenda para fazer limpeza no quintal.

Na casa, o adolescente foi agarrado e tocado nas partes íntimas, seguido do ato sexual. Os estupros, segundo denúncia, aconteceram “reiteradas vezes” de janeiro a setembro de 2019.

Durante a investigação, foi descoberta outra vítima de estupro,  adolescente de 14 anos. Neste  caso, o jovem morava em fazenda na região e o idoso ia até a casa dos pais dele buscá-lo, para que dormisse na propriedade em Paranaíba.

Segundo denúncia, os pais, alcoólatras, permitiam a ida do garoto até a fazenda em troca de bebida e, depois, souberam o que ocorria, mas não tomaram qualquer providência.

No despacho assinado pela juíza Nária Cassiana Barros, consta a extinção de punibilidade contra o réu, depois da anexação do atestado de óbito. A morte aconteceu no dia 6 de novembro, por choque séptico, decorrente de infecção de origem indeterminada.

A denúncia ainda foi mantida contra os pais do adolescente de 14 anos, que respondem ao processo em liberdade. Por esse motivo, a Justiça cancelou a audiência marcada para 3 de dezembro, agora, sem data prevista. Nessa sessão, as testemunhas do caso são ouvidas, como parte do trâmite que levará até a sentença dos acusados. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO

Projeto cria programa para auxiliar professores na compra de casa própria

Projeto cria política de prevenção e combate a assédio moral e sexual nas escolas
SEGURANÇA

Projeto cria política de prevenção e combate a assédio moral e sexual nas escolas

Eleições 2022: veja o que pode ou não no dia da votação
ELEIÇÕES 2022

Eleições 2022: veja o que pode ou não no dia da votação

SAÚDE

Projeto cria Programa Nacional de Referência em Tratamento da Fibromialgia

Brasil deve encerrar 2022 com índices de extrema pobreza em queda
ECONOMIA

Brasil deve encerrar 2022 com índices de extrema pobreza em queda

AGRICULTURA

Tecnologia de ressonância magnética reduz perdas de fertilizantes

TRABALHO E PREVIDÊNCIA

Proposta estabelece piso salarial de R$ 3,2 mil para vigilantes

TRANSPORTE

Projeto prevê bilhete único nacional para sistemas de transporte público

MATO GROSSO DO SUL

Incêndios e estiagem colocam cidades em situação de emergência

EM ANÁLISE

Projeto que muda norma geral para concursos públicos retorna ao Senado

Mais Lidas

DOURADOS

Acusado de raptar a ex e trocar tiros com a polícia tem alta e é levado para delegacia

DOURADOS

Homem que trocou tiros com a polícia na Linha do Potreirito havia sequestrado a ex

EMBRIAGUEZ

Caminhonete ocupada por cinco jovens capota na BR-376

DOURADOS

Douradense contaminado com "varíola dos macacos" viajou para o Paraguai recentemente