Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99659-5905
JARAGUARI

Idosa de 81 anos é resgatada após ficar três dias sem água e comida

10 fevereiro 2020 - 19h35Por Da Redação

Uma idosa de 81 anos que vivia sozinha em Jaraguari, foi salva pela Polícia Militar do município, após passar mal e ficar presa em casa, sem alimentação e água por três dias. De acordo com o soldado Diogo Henrique Giro do Grupamento da Polícia Militar de Jaraguari, no último dia 10, por volta das 8 horas da manhã a guarnição policial composta por ele e o Sargento PM Borches recebeu uma ligação no número de emergência.

Segundo o site Campo Grande News, o policial conta que a principio não conseguiu ouvir com clareza a voz da pessoa que ligava e até pensou que se tratava de um trote. Após muito perguntar quem estava na linha, o militar escutou uma voz fraca que clamava por “socorro”. Preocupado, o militar passou a dar maior atenção a ligação, pois percebera se tratar de ocorrência diferente das que habitalmente são recebidas pelo número policial.

Com a voz muito fraca, segundo o soldado, ela disse apenas: “Socorro estou em casa caída, preciso de ajuda, moro na Rua Marcolino número 150 e não tenho forças para levantar. Se precisar pule o muro”.

Após o relato, o policial salientou que não foi possível ouvir mais nada, mas que de imediato a equipe saiu em diligência para localizar o endereço. Ao chegarem ao local perceberam que a residência tinha uma placa de Vende-se, o mato estava bem alto e o portão estava trancado. Neste momento ele se lembrou que a mulher tinha orientado para que pulasse o muro.

Ele saltou dentro do terreno e chamaram pela idosa, que com voz muito fraca respondeu “socorro”. Como a porta estava trancada os policiais tiveram que arrombá-la e ao entrarem no recinto encontraram a senhora deitada no chão, nua e quase desfalecida.

Com dificuldades, ela relatou a equipe que estava ali a mais ou menos três dias, pois teria caído por conta de uma forte tontura e desmaiou. Ao acordar não conseguiu mais se levantar, e ficou ali deitada para tentar recobrar suas forças, mas não obteve êxito e os dias se passaram. “Ela disso que somente se lembrou do número 190 e como forma de tentar viver ligou para a nosso grupamento”, enfatizou o soldado. “Descobrimos que o marido tinha morrido e ela não tinha filhos e ninguém que cuidasse por ela”, afirmou.

Os policiais acionaram então a equipe de socorro do hospital do município. Os socorristas que atenderam a ocorrência disseram que o estado de saúde da senhora já era crítico e que ela teve sorte de ter sido encontrada pela guarnição, pois talvez não suportasse mais um dia naquelas condições. Os policiais foram até o hospital, e os médicos informaram que a senhora de 81 anos estava muito debilitada e desidratada e que seriam tomadas todas as providencias para salvaguardar a paciente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
TJMS condena réu de tentativa de furto por resistência e desacato
ECONOMIA
Petrobras bate recorde na produção de diesel menos poluente
PANDEMIA
Secretarias municipais devem encaminhar resultados de testes rápidos da Covid-19 à SES
CALIFÓRNIA
Corpo de atriz de Glee é encontrado por oficiais
REGIÃO
Adolescente é apreendido pela PM pela décima vez em 2020
BRASIL
Mourão diz que desmatamento foi além do aceitável na região amazônica
EDUCAÇÃO
Feira científica de MS abre inscrições para alunos da rede pública e privada de todo o Brasil
REGIÃO
Quatro são autuados pela PMA por pesca ilegal no rio Sucuriú
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta atento a cenário externo
REGIÃO
Barraca de atendimento a suspeitos de Covid-19 é rasgada por vândalos

Mais Lidas

DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem