Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE

Hospital Regional de Ponta Porã instala estrutura para pacientes com dengue

27 março 2020 - 21h20Por Da Redação

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã, acaba de instalar tenda para auxiliar no atendimento a pacientes com dengue. A medida foi implantada com objetivo de otimizar o fluxo de atendimento e diminuir o tempo de espera durante o período de pandemia do Covid-19.

“A tenda tem 30 metros quadrados e está equipada com poltronas, ar condicionado e TV para os pacientes receberem a soroterapia. Também contamos com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde que nos auxiliou com médicos e enfermeiros”, explicou o médico e diretor-técnico do hospital, Antonio Martinussi.

O médico ressalta que os pacientes com sintomas de dengue serão triados na carreta da saúde, instalada em área próxima, e encaminhados para a tenda. “Assim que esse paciente com suspeita de dengue for triado, ele passa pelo médico e recebe a medicação na tenda. Neste ambiente também é coletado o exame. Nosso intuito é reduzir o tempo de espera e desafogar o fluxo para os pacientes do Covid-19. Também contamos com o apoio da prefeitura que está atendendo os casos de dengue em outra estrutura”, afirmou.

Carretas da Saúde

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), também conta com duas carretas da saúde para auxiliar nos casos suspeitos de coronavírus. As unidades móveis foram disponibilizadas pela Prefeitura de Ponta Porã e Secretaria Municipal de Saúde e vão dar suporte ao novo fluxo de atendimentos aos pacientes. Uma carreta será destinada para triar pacientes com sintomas de Covid-19, tais como: tosse, febre, dor de garganta, espirro, coriza e falta de ar. A outra carreta será para triar pacientes com outras urgências e emergências, incluindo outras síndromes respiratórias.

Após a triagem, o paciente com sintomas de coronavírus seguirá por uma área específica de isolamento, paramentado com máscara e devidas precauções. Dentro dessa área, há uma equipe específica com roupas e materiais de proteção individual, sala de estabilização respiratória com monitores, respiradores e uma Unidade de Terapia Intensiva com capacidade para 10 leitos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREIOS
Cadela encontra droga avaliada em R$ 200 mil em encomendas despachadas
ECONOMIA
Senado Federal aprova MP do aumento salário mínimo para R$ 1.045
CORUMBÁ
Cinco funcionários são presas acusadas de venda e receptação de tijolos
PROTOCOLOS
Comitê de ações da UEMS publica Plano de Biossegurança Institucional
POLÍTICA
Planalto teme que quebra de sigilo repercuta na cassação de Bolsonaro
CAPITAL
Homem acusado de esfaquear a mãe e um amigo da ex-mulher é preso
REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher