Menu
Busca sexta, 04 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
CAMAPUÃ

Homem morre após bater motocicleta na traseira de veículo na MS-436

23 outubro 2020 - 18h05Por G 1

Um homem de 32 anos morreu após bater a motocicleta que pilotava na traseira de um carro de passeio, na madruga desta sexta-feira, dia 23 de outubro, na rodovia MS-436, próximo à cidade de Camapuã, na região Sudoeste de Mato Grosso do Sul.

Segundo a polícia, a vítima que morreu no local, foi identificada como José da Silva Barbosa.

De acordo com a ocorrência policial, o motorista do carro fugiu do local, mas dentro do veículo foram encontrados documentos que possibilitou sua identificação.

Conforme a polícia, o acidente foi no KM 38 da rodovia por volta das 5 horas da manhã. A perícia e o serviço funerário foram acionados e o caso registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor e omissão de socorro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ITINERANTE
Carreta da Justiça define calendário de atendimentos em 2021
Moto furtada de marmoraria é recuperada e jovens são autuados por receptação
DOURADOS 
Moto furtada de marmoraria é recuperada e jovens são autuados por receptação
Mitos e verdades sobre o Glaucoma
SAÚDE & BEM - ESTAR
Mitos e verdades sobre o Glaucoma
Celular roubado de criança é recuperado com adolescente
RECEPTAÇÃO
Celular roubado de criança é recuperado com adolescente
OPERAÇÃO URUTAU
PF cumpre mandados em duas cidades de MS contra o tráfico de animais
ARTIGO
Qual a sua religião?
OPERAÇÃO VETUS
Polícia vai às ruas contra maus-tratos a idosos em Dourados
JUSTIÇA
XV edição da Semana da Conciliação termina nesta sexta-feira
SAÚDE
Hospital do Coração inaugura nova recepção
CLIMA
Novo aviso de tempestade é emitido pelo Inmet para Dourados e região

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso
ACIDENTE
Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em Amambai
DOURADOS
Corpo encontrado na pedreira é de homem desaparecido há quatro dias