Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221
AÉREO

Governo de MS pede apoio para combater queimadas em 9 municípios

11 setembro 2019 - 19h35Por Da redação

O Governo de Mato Grosso do Sul oficializou nesta quarta-feira, dia 11 de setembro, o pedido de apoio aéreo ao Cenad (Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres) para combate aos incêndios florestais na região do Pantanal e borda e Serra da Bodoquena, onde ocorrem a maioria dos focos de calor registrados pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

A solicitação antecipa o apoio operacional do governo federal que será garantido com o decreto de situação de emergência assinado pelo governador Reinaldo Azambuja. “Estamos nos adiantando a tramitação do pedido de apoio diante da situação crítica, onde mais de 1 milhão de hectares já foram queimados no Estado em 40 dias”, disse o tenente-coronel Fábio Catarinelli, coordenador de Defesa Civil do Estado.

O decreto de situação de emergência, que será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira, abrange nove municípios: Aquidauana, Anastácio, Dois Irmãos do Buriti, Miranda, Bonito, Bodoquena, Corumbá, Ladário e Porto Murtinho.

Rota do fogo

Sobrevoo com duração de seis horas, realizado nesta quarta-feira (11), por militares do Corpo de Bombeiros, revelou a extensão e gravidade dos focos de incêndios na região do Pantanal e na sua borda, abrangendo os municípios de Aquidauana, Miranda e Corumbá.

A visualização aérea, com as respectivas coordenadas, vai permitir uma ação planejada da Defesa Civil do Estado e das brigadas de combate ao fogo e o emprego de novos equipamentos.

O tenente-coronel Fernando Carminati, relações públicas do comando do Corpo de Bombeiros, participou do sobrevoo e informou que a situação é crítica, obrigando a aeronave a operar por instrumento devido a fumaça. Citou que o fogo é muito intenso na Fazenda Caiman, em Miranda, onde o levantamento foi feita com a presença dos técnicos que coordenam a ação de combate aos focos. “Vai permitir um combate mais eficaz e pontual no local”, disse Carminati.

O sobrevoo compreendeu oito pontos de focos, com a coordenação do coronel Valdenir Moreira, chefe do Centro de Proteção Ambiental do Corpo de Bombeiros, incluindo as rotas: Serra da Boa Sentença, Alto Rio Negro, Parque Estadual do Rio Negro, Parque Estadual Touro Morto, Fazenda Caiman, Fazenda Santa Rita (Bodoquena), Aldeia Água Branca e Pantanal de Corumbá.

A ação do Governo do Estado contou com a presença também do capitão Vinicius Gonçalves, comandante do 1º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros, que abrange os municípios de Aquidauana, Bodoquena, Miranda e Anastácio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CULTURA
CCBB Educativo disponibiliza acervo digital de arte-educação
BRASIL
Combate à pandemia mobiliza voluntários em diversas frentes
COVID-19
Barreiras sanitárias abordaram 13,6 mil pessoas em MS
MUNDO
Papa inicia Semana Santa com celebração sem presença de fiéis
COVID-19
Gerente técnico de medicamentos da Vigilância Sanitária alerta sobre riscos da automedicação
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Mais de mil servidores com salários acima de R$ 4,5 mil receberão na segunda
MS
Procuradoria-Geral do Estado mantém seção especial sobre o Covid-19 no site
STJ
Negado pedido de habeas corpus coletivo para todos os presos em grupos de risco do coronavírus
BRASIL
Ministério da Saúde alerta que não pede doação de dinheiro

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações
ISOLAMENTO
Em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo
CORONAVÍRUS
Durante fiscalização, Guarda prende nove pessoas e notifica 60 comércios em Dourados
SUMIÇO
Família procura por jovem que está desaparecida desde a última quarta-feira