Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
CRIME AMBIENTAL

Fazendeiro é multado em R$ 38 mil por desmatamento ilegal de área protegida

04 agosto 2020 - 21h35Por Da Redação

Policiais Militares Ambientais de Coxim realizaram fiscalização em uma fazenda na tarde desta terça-feira, dia 04 de agosto, e localizaram um desmatamento ilegal em área protegida de reserva legal e também de área fora de proteção especial no município.

A supressão ilegal de 2,12 hectares de vegetação nativa de cerrado dentro de área protegida de reserva legal da fazenda, que se juntava à uma área de 22,47 hectares fora de área de proteção especial foi descoberto por imagem de satélites e no local seria plantado pastagem. O desmatamento era recente e o proprietário ainda fazia a exploração da madeira proveniente da vegetação derrubada, sendo apreendidos no local 16 m³ de madeira, beneficiada em 926 estacas para cerca.

Foi utilizado drone para caracterização da área desmatada e aparelho de GPS para localização e aferição. O proprietário da fazenda de 61 anos, residente em Coxim, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 37.870,00, multa agravada pela área ser protegida por lei. Ele também responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Brasil registra 739 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas
POLÍCIA
Adolescente de 17 anos estupra criança de seis em Laguna Carapã
BRASIL
Mourão defende que dados de queimadas passem por 'ajustes e correções'
REGIÃO
Homem descumpre medida protetiva, persegue a ex pela internet e vai preso
BRASIL
Barroso defende trabalho da imprensa no combate à desinformação
DADOS
Pandemia do coronavírus reduz em 50% doações de medula óssea em MS
POLÍCIA
Dois ficam feridos em acidente na MS-134
TURISMO
Governo federal regulamenta turismo de trilhas no Brasil
RIO BRILHANTE
Homem de 56 anos cai de trator e morre atropelado em fazenda
PARANAÍBA
Homem quebra móveis, bate na mulher e vai preso

Mais Lidas

PERIGO POTENCIAL
Vendaval pode atingir Dourados e outras 35 cidades de MS, segundo alerta do Inmet
DOURADOS
Mulher estaciona em vaga preferencial e é xingada por médico
ELEIÇÕES 2020
Convenções chegam ao fim e sete nomes são lançados à prefeitura de Dourados
FRONTEIRA
Estudante morre após procedimento estético em clínica clandestina