Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Ex-médico condenado por mutilar pacientes, deixa prisão com uso de tornozeleira

26 março 2020 - 20h20Por Da Redação

O ex-médico Alberto Jorge Rondon de Oliveira, condenado a 88 anos de prisão por mutilar pacientes, foi solto da prisão e está sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. Segundo o site Campo Grande News, Rondon foi um dos beneficiados pelo induto especial concedido a presos por conta da pandemia do coronavírus.

Desde a sua prisão, há cinco meses, a defesa do ex-médico tentava converter a prisão em domiciliar, devido aos problemas de saúde do ex-médico.

“Foi concedido para ele a domiciliar em decorrência da diabete que ele tem, que é muito severa e que acaba colocando ele no grupo de alto risco do coronavírus”, comentou o advogado, Fabio Trad Filho.

O caso

A primeira condenação de Rondon foi condenado em maio de 2011, em que ele foi sentenciado a 42 anos de prisão por lesão corporal dolosa qualificada por deformidade permanente em 11 mulheres. Vinte e dois anos depois, em agosto do ano passado, ele foi condenado a mais 46 anos por cirurgias estéticas mal sucedidas em cinco mulheres.

Rondon também já foi condenado em ações civis públicas, com indenizações que estão sendo pagas pelo CRM (Conselho REgional de Medicina) a mais de 120 mulheres que tiveram sequelas físicas e psicológicas decorrente dos procedimentos.

Contudo, em 23 de outubro do ano passado ele foi preso na casa da filha em uma residência na rua 13 de Junho, no Bairro Monte Castelo, e foi encaminhado ao Centro de Triagem Anísio Lima.

Já naquela época a defesa havia entrado com pedido de prisão domiciliar, sob a alegação de que Rondon, de 63 anos, dependia de aplicação de insulina para controlar a diabetes, além de fazer tratamento para pressão alta e dislipidemia (elevação de colesterol que aumenta chance de entupimentos das artérias). Os pedidos, no entanto, haviam sido negados.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Três Lagoas registra primeiro caso de coronavírus; paciente está internado
FCO
Banco prorroga prazo para pagar parcelas de financiamento empresarial
ECONOMIA
Governo anuncia R$ 200 bilhões para socorrer trabalhadores e empresas
CRIME AMBIENTAL
Pescadores abandonam armas de fogo e fogem da PMA na Capital
CORONAVÍRUS
Pacientes com sintomas muito brandos liberam vírus em grande quantidade, diz estudo
DOURADOS
Populares fazem 'lixão' em ecoponto na região do Parque do Lago
DOURADOS
Campanha Nota Dourada tem sorteios suspensos
NEGÓCIOS & CIA
Instagram comercial: 3 dicas para aproveitar melhor a funcionalidade
PANDEMIA
Economista projeta perda de R$ 400 mi no PIB de Dourados causada pelo coronavírus
COVID-19
Suspensão das aulas presenciais na Rede Estadual é prorrogada até o início de maio

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
COVID-19
MS tem oito confirmações de coronavírus em 24h e suspeitos chegam a 51