segunda, 15 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
SÃO CONRADO

Dono de mercearia e cliente são esfaqueados por colombiano

10 julho 2024 - 22h35Por Da Redação

O dono de uma mercearia e um cliente, de 42 anos, foram esfaqueados por um colombiano, de 33 anos, que tentou comprar bebida com pesos colombianos. Antes do ataque, o homem já havia tentado levar o produto sem realizar o pagamento. O crime aconteceu no fim da manhã desta quarta-feira, dia 10 de julho, na rua Capitão Francisco Holanda Moura, no Bairro São Conrado, em Campo Grande.

O proprietário do local, Alex Silva, de 36 anos, conta que o homem estava bêbado quando foi até a mercearia e tentou levar bebidas sem pagar. “Ele discutiu com o caixa, com o meu encarregado e eu mandei ir embora. Ele disse que ia para casa dele e eu pensei que ele iria buscar o dinheiro”, conta.

Segundo o site Campo Grande News, após o ocorrido, Alex relata ter iniciado o atendimento através da grade do estabelecimento. Em seguida, o colombiano retornou ao estabelecimento para comprar a bebida, mas com dinheiro colombiano. O proprietário foi atacado pelo homem, enquanto conversava com ele.

“Sorte que eu consegui me defender e pegou no meu casaco, por isso não me furou. O outro coitado do meu cliente, chegou perto para conversar e ele meteu a faca no cara. A polícia chegou na hora e levou ele para a delegacia”, relembra.

Pelas imagens da câmera de segurança é possível ver que colombiano conversou com a segunda vítima por pelo menos dois minutos, antes de iniciar o ataque. O cliente da mercearia corre, mas é esfaqueado pelas costas. Mesmo caindo, o autor se levanta e continua atacando.

“Ele deu umas oito facadas no meu cliente, mas acho que só pegou umas quatro ou cinco. Fiquei por quatro horas na delegacia, mas só falei com o escrivão e nem pegaram as imagens da câmera de segurança. Me falaram que ele vai ser liberado”.

Conforme o boletim de ocorrência, a segunda vítima foi levada para a Santa Casa e recebe cuidados na ala verde. Alex conta que após o ataque, se sente inseguro com a liberação do autor.

Para o Campo Grande News o delegado da 6ª DP, onde a ocorrência foi registrada, explicou que a ação foi registrada como lesão corporal dolosa e ameaça pela gravidade dos ferimentos da vítima.

Conforme o delegado, quando entrou em contato com a Santa Casa a vítima estava em observação na ala verde, sem correr risco de vida e aguardava para receber alta ainda hoje. "Então, em razão dos crimes ser de menor potencial ofensivo, e o autor assumindo o termo de compromisso, a gente não pode impor prisão em flagrante na pessoa por previsão legal", detalha o delegado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

IVINHEMA

Mulher denuncia ex-marido e atual companheira por importunação

RURAL

BNDES vai disponibilizar R$ 66,5 bilhões para o Plano Safra

AQUIDAUANA

Jovem ferido se esconde de bombeiros que tentavam socorrê-lo

Primeiras notas do real vão sair de circulação; entenda por quê
ECONOMIA

Primeiras notas do real vão sair de circulação; entenda por quê

Motociclista morre dois meses após ser atingido por veículo

POLÍTICA

Brasil chama embaixador na Argentina para consultas sobre Milei

Motorista que atropelou e matou motociclista é condenado

JUDICIÁRIO

Abin Paralela: Moraes retira sigilo de áudio de conversa de Bolsonaro

PORTO MURTINHO

Secretária de finanças é indiciada por simular sequestro para dar golpe

EDUCAÇÃO

Ex-alunos da UFGD têm oportunidade de voltar para a faculdade

Mais Lidas

ABUSO SEXUAL

Homem é preso em flagrante acusado de estuprar sobrinha em Dourados

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho