Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
CORUMBÁ

Criança de sete meses morre com diagnóstico de leishmaniose

16 dezembro 2019 - 18h50Por Da Redação

A Secretaria de Saúde de Corumbá confirmou nesta segunda-feira, dia 16 de dezembro, o primeiro óbito humano por Leishmaniose Visceral Americana (LVA) de 2019. Uma criança de sete meses, moradora do Bairro Cravo Vermelho II, foi diagnosticada com a doença no dia 10 deste mês. Ela estava internada na Santa Casa de Corumbá, e morreu hoje.

Uma equipe da Centro de Controle de Vetores está realizando manejo ambiental na região, com orientações para a população e instalação de armadilhas para o mosquito. O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) realizou 11 coletas de amostras sanguíneas de animais do entorno, das quais 7 deram positivas, sendo que 3, os tutores já encaminharam para a eutanásia, os demais estão aguardando o exame confirmatório.

Segundo o site Campo Grande News, neste ano foram analisados 1.635 amostras sanguíneas de animais, confirmado 755 casos. Quando o resultado é positivo, o tutor deve realizar o tratamento de acordo com as orientações do Ministério da Saúde ou encaminhar o animal para a eutanásia, que poderá ser feita no CCZ.

A Prefeitura informou ainda que intensificou as diversas ações de controle e prevenção das doenças vetoriais, Dengue, Chikungunya, Zika Vírus, Febre Amarela, além de Leishmaniose Tegumentar ou Visceral e Doença de Chagas. No dia 13 de dezembro a Prefeitura realizou uma grande Mobilização Social, na parte alta da cidade, denominada dia “D”, com a participação de diversas secretarias e autarquias.

Prevenção

Para prevenir a doença, é fundamental que os quintais estejam limpos e livres de folhas, frutas espalhadas ao chão, restos de comida e lixo orgânico, pois diferente do Aedes Aegypti, o mosquito palha se reproduz em locais sombreados e úmidos.

A Leishmaniose Visceral é transmitida por meio da picada de insetos conhecidos popularmente como mosquito palha, asa-dura, tatuquiras, birigui, dentre outros. Estes insetos são pequenos e têm como características a coloração amarelada ou de cor palha e, em posição de repouso, suas asas permanecem eretas e semiabertas.A transmissão acontece quando fêmeas infectadas picam cães ou outros animais infectados, e depois picam o homem, transmitindo o protozoário Leishmania chagasi, causador da Leishmaniose Visceral.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Congresso marca três reuniões para analisar todos vetos presidenciais
REFORMA TRIBUTÁRIA
Comissão avalia situação dos estados nesta quarta
CASAS POPULARES
Agência de habitação faz pré-seleção para novas moradias em Taquarussu
DOURADOS
População ainda pode participar de questionário para novo Plano Diretor
MUNDO NOVO
Homem é preso por tráfico e violência doméstica
AÇÃO CONJUNTA
Bitrem com carga de madeira ilegal é apreendido e empresa multada em mais de R$ 10 mil
BRASIL
Publicado guia com novos critérios para triagem de doadores de sangue
DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
ANTÔNIO JOÃO
Foragido da Justiça é preso durante ação da Polícia Civil
PANDEMIA
Acordo proíbe consumo de bebidas na Capital entre 13 e 16 de agosto

Mais Lidas

REGIÃO
Professora morre ao ter moto atingida por carro
DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Acidente entre carro e moto deixa homem em estado gravíssimo
FRONTEIRA
Ex-lutador de MMA é executado a tiros em confraternização