Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
COXIM

Corpo de jovem que se afogou em rio de MS é encontrado pelos bombeiros

03 março 2020 - 19h20Por Da Redação

Desaparecido desde domingo, dia 1° de março, quando se afogou no rio Taquari, próximo à cidade de Coxim, na região Norte do Estado, o corpo de um jovem, de 23 anos e identificado apenas como Juliano foi encontrado na manhã desta terça-feira (3) pelo Corpo de Bombeiros após dois dias de buscas na região.

O corpo foi encontrado flutuando enroscado em algumas árvores que ficam às margens do rio, aproximadamente 7 quilômetros do local em que desapareceu, próximo ao distrito de São Ramão, segundo o site Coxim Agora.

Cerca de três militares do Corpo de Bombeiros estiveram nas buscas desde a última segunda-feira (2). Após o achado, a equipe do Núcleo Regional de Perícias de Coxim esteve no local para trabalhos cabíveis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO GABRIEL
Jovem é presa ao pedir carona para transportar mochila com cocaína
CÓDIGO PENAL
Senado Federal aprova pena maior para crimes de racismo e homofobia
OPERAÇÃO SPARTACUS
Exército prende 2 pessoas, apreende 57 armas e 25 mil munições
POLÍTICA
Bolsonaro edita MP que isenta conta de luz para moradores do Amapá
NOVA ANDRADINA
Polícia Civil destrói 822 quilos de drogas no Vale do Ivinhema
REGIÃO
Startup-se Bioeconomia reúne jovens para identificar oportunidades
CAPITAL
Dependendo de moto para trabalhar, família tem veículo furtado
JUDICIÁRIO
STF adia decisão sobre remarcação de concursos por crença religiosa
Sobe para 41 o número de mortos em acidente no interior de São Paulo
UEMS
Thiago, de 21 anos, pesquisa as potencialidades da Guabiroba-verde

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
ENTERPRISE
Operação contra tráfico internacional de cocaína cumpre mandado de prisão em Dourados
CAPITAL
Funcionária de restaurante é presa em flagrante após furtar dinheiro do caixa
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia