Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
QUEIMADAS

Corpo de Bombeiros começa a desmobilizar equipes da "Operação Pantanal II"

24 outubro 2020 - 18h00Por Portal/MS

Aconteceu neste sábado (24), no Comando-Geral do Corpo de Bombeiros, em Campo Grande, a solenidade de desmobilização dos 89 Bombeiros Militares do Paraná e do Distrito Federal, que reforçaram o efetivo de Mato Grosso do Sul e atuaram na Operação Pantanal II de combate às queimadas.

Retornam hoje para o Paraná 39 bombeiros militares que integram a segunda equipe enviada a Mato Grosso do Sul. Eles no dia 15 de setembro e por 38 dias atuaram no combate aos incêndios na região do Pantanal. “Foi uma honra ter tido a oportunidade de integrarmos essa grande ocorrência e só temos a agradecer aos homens e mulheres que fizeram parte dessa história, pois tivemos a oportunidade de ajudar a salvaguardar os bens e as vidas do pantanal sul-mato-grossense”, destacou o tenente-coronel Ezequias de Paula Natal, integrante da equipe do Paraná.

Do Distrito Federal são 50 Bombeiros Militares que retornam para a base de origem. O efetivo chegou em Mato Grosso do Sul no dia 10 de outubro e por 13 dias trabalhou no combate aos incêndios na região de Costa Rica, no Parque das Nascentes do Rio Taquari e também no Pantanal.

Este ano, quando foi registrada a pior seca dos últimos 50 anos e com a maior incidência de focos de incêndio da história do Estado, a Operação Pantanal II contou com equipes de bombeiros militares do Mato Grosso do Sul, Paraná, Distrito Federal, Santa Catarina e o com o envio do helicóptero de Minas Gerais.

Presente na solenidade de desmobilização dos bombeiros, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira destacou que foi a integração que garantiu o controle dos incêndios e a preservação de praticamente 80% da área total do Pantanal Sul-Mato-Grossense. “Não fosse essa integração e esses equipamentos enviados pelos estados vizinhos, certamente teríamos um desastre muito maior”, acredita.

Em todo o Mato Grosso do Sul, nos meses de agosto, setembro e outubro, considerados os mais críticos, foram empregados mais de 500 homens no combate às queimadas, entre bombeiros militares, homens das Forças Armadas e brigadistas. O titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, também presente na solenidade, lembrou que o momento é de reflexão. “Nós tivemos uma catástrofe ambiental, mas precisamos reconhecer os grandes trabalhos de combate aos incêndios florestais que foram realizados em Mato Grosso do Sul, mostrando a capacidade de integração e de coordenação e assegurando a preservação da vida e a da biodiversidade”, disse.

Segundo o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Joilson Amaral, a situação está controlada e os incêndios praticamente extintos no Estado. “Houve um período que as demandas foram superiores a nossa capacidade operacional devido a estiagem prolongada e outros fatores, que levou a necessidade de mobilização de outras corporações e, o que aconteceu no Mato Grosso do Sul, é a demonstração da capacidade dos Bombeiros Militares de se mobilizarem e estarem presentes onde a população precisa”.

O tenente-coronel Fabiano Luis de Medeiros, do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, o Coordenador Estadual da Defesa Civil, tenente-coronel Fábio Catarineli e o Comandante dos Bombeiros no Interior, coronel Marcos Meza, também estiveram presentes na solenidade de desmobilização dos 89 bombeiros do Paraná e do Distrito Federal.
Sobre a Operação Pantanal II

A Operação Pantanal II foi deflagrada no mês de julho pelo Corpo de Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de combater e controlar incêndios florestais e preservar a vegetação nativa e a fauna dos biomas do cerrado, pantanal e mata atlântica no estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Identificado assassino de jovem morto no aniversário do irmão
CONTÁGIO
Grupo de pesquisadores diz que Brasil vive 'início de 2ª onda' de Covid
SÃO GABRIEL
Com tiros na cabeça e pescoço, homem é socorrido em estado grave
MUDANÇA NA CASA BRANCA
Trump autoriza início do processo de transição do poder para Biden
APARECIDA DO TABOADO
Homem é acusado de arrastar por duas quadras cachorro que fugiu
UFGD
Prazo para inscrição no Bolsa Cultura Web termina nesta sexta-feira
ESPORTE
Corumbaense e Maracaju desistem de jogar o Estadual de Futebol
ESPORTES
Atleta de Amambai é vice-campeão brasileiro sub-18 de atletismo
PEDRO JUAN
Polícia acusa PCC por ataque que dilacerou nariz de criança na fronteira
CORONAVÍRUS
Ex-ministro que minimizou pandemia é internado com Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Carro invade parque no final da Avenida Marcelino Pires, cai em valeta e pega fogo
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Homem ameaça ex com faca e apanha de vizinhos em Dourados
DOURADOS
Homem é preso após tentar atropelar policiais em abordagem na BR-163 
DOURADOS
Mulher é presa após atear fogo na casa do ex-marido, cadeirante