sexta, 23 de fevereiro de 2024
Dourados
23ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
LEVANTAMENTO

Número de casamentos em MS cai quase 10%

09 dezembro 2020 - 15h14Por Gizele Almeida

O sul-mato-grossense não está mais tão disposto a compromisso nupcial. É o que mostra pesquisa de Estatísticas do Registro Civil do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgada nesta quarta-feira (09). No comparativo de 2018 para 2019 houve queda de 9% no número de registros de casamentos civis. 

Enquanto em 2018, o número de registros de casamentos civis foi de 17.169, em 2019, este total foi de 15.613, ou seja, 1.702 a menos, 9%.  

Ainda conforme o IBGE, desse total, 15.467, ocorreram entre cônjuges do sexo masculino e feminino e 136 ocorreram entre pessoas do mesmo sexo. 

A queda ocorreu de acordo com o Instituto, em todas as regiões do Estado.  

O mesmo comportamento foi observado nos casamentos civis entre pessoas do mesmo sexo, os quais registraram queda de 18,1% entre 2019 (136) e 2018 (166). Os ocorridos entre cônjuges femininos representam 74,2% dos casamentos civis com essa composição conjugal em 2019 (veja mais na tabela abaixo).

MS tem a 6ª maior taxa de nupcialidade legal

A taxa de nupcialidade legal dá uma dimensão do número de registros de casamentos em relação à população em idade de casar, ou seja, de 15 anos ou mais de idade, permitindo a comparação entre os estados. 

Em MS, para cada 1.000 habitantes em idade de casar, 7,27 uniram-se por meio do casamento legal em 2019. O IBGE destaca que essa é a 6ª maior taxa de nupcialidade legal do país, sendo que a frente está Rondônia, com 9,34, Distrito Federal, 8,48, Espírito Santo, 7,51, Mato Grosso, 7,41, São Paulo, 7,32. 

No Brasil, para cada 1.000 habitantes em idade de casar, em média, 6,18 pessoas se uniram por meio do casamento legal em 2019.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso após furto de carro, colisão em muro e furto de moto
IVINHEMA

Homem é preso após furto de carro, colisão em muro e furto de moto

JUSTIÇA ELEITORAL

Julgamento que pode cassar mandato de Sergio Moro começa em abril

Morador de MS é condenado a 17 anos de prisão por atos golpistas
8 DE JANEIRO

Morador de MS é condenado a 17 anos de prisão por atos golpistas

Confederação reforça parceria e destaca referência de MS no vôlei de praia
ESPORTES

Confederação reforça parceria e destaca referência de MS no vôlei de praia

Diretor de trânsito manda taxistas "quebrarem" motoristas clandestinos no pau
RIBAS DO RIO PARDO

Diretor de trânsito manda taxistas "quebrarem" motoristas clandestinos no pau

REGIÃO 

Reitoria manifesta apoio à luta da categoria técnico-administrativa da UFGD

CAPITAL

"Gangue das Mulheres" volta à ativa e duas são presas após furto em loja

STF

Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

CORUMBÁ

Bombeiros e Marinha socorrem jovem atacado por queixada no Pantanal

ATOS GOLPISTAS

Valdemar e Torres depõem na PF sobre tentativa de golpe; Bolsonaro se cala

Mais Lidas

TACURU

Servidores são indiciados por desvio de recursos públicos em cidade do interior do MS

DOURADOS

Família procura homem desaparecido desde a manhã desta segunda em Dourados

PROIBIÇÃO

Projeto que veda por mais 5 anos a captura e comercialização do Dourado passa pela CCJR

PARTIDAS DOBRADAS

Operação cumpre mandado em Dourados e mira esquema que movimentou R$ 200 mi em notas frias