Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
PASSAGEIROS

Agepan divulga recomendações complementares para transporte intermunicipal

24 setembro 2020 - 19h20Por Da Redação

Empresas do transporte rodoviário intermunicipal de passageiros poderão atuar sem a limitação de lotação máxima de 50% da capacidade do veículo, desde que seguidas rigorosamente as normas preventivas de propagação do novo coronavírus. Pessoas do grupo de risco, por exemplo, não podem ser transportadas. E passageiros que apresentarem alteração de temperatura no momento da aferição também não poderão viajar.

Essa é uma das mudanças nas instruções e recomendações complementares da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) que devem ser adotadas, quanto às medidas de prevenção e higienização, enquanto perdurar o estado de calamidade pública ocasionada pela pandemia.

As regras de limitações de lotação eventualmente definidas pelos municípios de origem e destino devem ser levadas em conta pela transportadora. Ou seja, se o veículo tem embarque ou desembarque em cidade onde a Prefeitura impôs limitação, essa norma prevalece.

O diretor de Transportes da Agepan, Ayrton Rodrigues, explica que a possibilidade de flexibilização na capacidade de pessoas transportadas considerou um estudo técnico apresentado pelo Sindicato das Empresas de Transporte (Rodosul), assinado por duas engenheiras sanitaristas.

A medida vale para viagens em linha regular, e os fretamentos eventual, turístico, contínuo e estudantil.

Além de procedimentos já previstos, as novas recomendações orientam cuidados bem específicos durante todo o procedimento da viagem, do embarque ao desembarque:

Antes do despacho da bagagem e do embarque, o passageiro deverá passar por aferição de temperatura por termômetro infravermelho e entregar o questionário sobre o estado de saúde;

Qualquer passageiro que apresentar alteração de temperatura não poderá despachar bagagem ou embarcar;
Os responsáveis pelo processo de despacho de bagagem e embarque de passageiros deverão fazer uso de máscara caseira ou industrial, luvas de látex, e proteção com álcool gel 70%;

No embarque o motorista ou equipe de apoio deve organizar os passageiros para manterem uma fila com distância segura de 1,5m e fazer a chamada dos passageiros, organizando a entrada do último banco para o primeiro. Ao embarcar, todos devem passar pela assepsia das mãos com álcool em gel;

Os passageiros devem ser comunicados antes do início da viagem quanto à obrigatoriedade do uso de máscaras durante todo o trajeto, e informados sobre a manutenção do ar condicionado no “modo ar renovável” durante toda a viagem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Trutis tem candidatura para prefeito da capital negada
REGIÃO
Mulher é flagrada pela polícia por tráfico de papagaio
REGIÃO
Motorista de guincho suspeita de contratante, aciona polícia e droga é encontrada dentro de carro
PANDEMIA
Mulheres obedecem mais às restrições de isolamento
REGIÃO
Filhote de cervo-do-pantanal ferido após atropelamento é socorrido pela PMA
REGIÃO
Após divulgar pesca predatória na internet, pescador é autuado pela PMA
ECONOMIA
Banco Central registra recorde de remessas de dólares para Brasil
REGIÃO
Traficantes são presos com quase 1 t de droga logo após tentarem atropelar policiais
MUNDO
EUA registram os 2 dias com mais infectados por Covid-19 desde o início da pandemia
LEVANTAMENTO
Rendimento médio per capita dos domicílios em MS cresce em todas as comparações

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
DOURADOS
PM é acionada e consegue evitar suicídio de homem em hotel
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares