domingo, 23 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
24°min
Campo Grande
35°max
23°min
Três Lagoas
39°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
CAPITAL

Advogado é preso em flagrante em operação contra a pornografia infantil

03 dezembro 2021 - 22h05Por G 1

Um advogado de 33 anos foi preso nesta sexta-feira, dia 03 de dezembro, em Campo Grande, durante a operação Lobos 2, da Polícia Federal, que investiga suspeitos de envolvimento com a produção, divulgação e armazenamento de conteúdos pornográficos com crianças e adolescentes.

A ação ocorreu em 20 estados e um dos mandados era para Mato Grosso do Sul. A ordem judicial era de busca e apreensão no escritório e na casa do advogado, mas devido à descoberta de material com pornografia infantil e ainda de vídeos que mostrariam o suspeito cometendo estupro de vulnerável, ele foi preso em flagrante. As vítimas são crianças e têm grau de parentesco com o suspeito.

A seccional de Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS) disse ao g1 que acompanha o caso por meio de sua Comissão de Defesa e Assistência das Prerrogativas e que abrirá procedimento para apurar a conduta do profissional e eventualmente definir punições.

Para essa operação foram solicitados oito mandados de prisão preventiva e 104 de busca e apreensão.

Entenda o caso

A operação Lobos 2, divulgada hoje, teve início em 2017 com a prisão de um homem em Pernambuco, estado onde se concentram as investigações. Dois anos depois, um homem considerado o alvo 01 da operação também foi preso, em São Paulo, o que culminou nos mandados de busca e apreensão, e de prisão, emitidos nessa manhã.

De acordo com as informações da Polícia Federal, 1,8 milhão de pessoas acessam sites da deep web no mundo para publicar, compartilhar e disseminar material pornográfico com crianças. De acordo com o investigador da PF de Pernambuco, Renato Cintra, o homem considerado 01 do mundo nesse tipo de crime mantinha cinco dos maiores fóruns online sobre o tema.

“Era o principal criminoso do mundo nesse tipo [de crime]. Tivemos a participação de várias policiais, o FBI, dos EUA, o NCI, da Inglaterra, todos os países mais desenvolvidos do mundo colaboraram nessa investigação", declarou o delegado federal Renato Cintra em entrevista a repórter Camila Torres, do g1 PE.

Os crimes investigados na Operação Lobos 2, além de estupro de vulnerável, são venda, produção e divulgação, e armazenamento de pornografia infantil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governador do Rio detalha ações do programa Cidade Integrada
BRASIL

Governador do Rio detalha ações do programa Cidade Integrada

Terceira Turma realizará primeiras sessões de fevereiro por videoconferência
STJ

Terceira Turma realizará primeiras sessões de fevereiro por videoconferência

BRASIL

PDT questiona medidas de desestatização da companhia de saneamento do RS

BRASIL

Mostra de Tiradentes discute mudanças do cinema em meio à pandemia

Distrito Federal inicia vacinação de crianças a partir de 6 anos
COVID-19

Distrito Federal inicia vacinação de crianças a partir de 6 anos

MS

No período de férias, Bombeiros alertam para cuidados durante as trilhas

PANDEMIA

STJ convoca sessão extraordinária do Pleno para discutir retorno das atividades presenciais

COVID-19

Reforço de marca diferente é mais eficaz para vacinados com CoronaVac

BRASIL

Livraria do STF disponibiliza downloads gratuitos de obras

V Concurso Extrajudicial

TJ convoca candidatos para prova escrita e prática no dia 6 de fevereiro

Mais Lidas

REGIÃO

Grave acidente deixa oito mortos em rodovia

DOURADOS

Morto em confronto, além de ser suspeito de morte de menor, tinha extensa ficha criminal

DOURADOS

Dois são flagrados com droga na PED

TRÁFICO DE DROGAS

Cocaína que saiu da região de fronteira do MS é interceptada em SP