quarta, 25 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
IMUNIZAÇÃO

AGU aponta mais de 70 casos de erro em vacinação infantil no MS

19 janeiro 2022 - 17h35Por Jessica Beatriz, com informações Agência Brasil

Mato Grosso do Sul está entre os estados que apresentaram erro na vacinação infantil contra a Covid-19. Ao todo, foram registradas 75 aplicações equivocadas, tanto em público abaixo da faixa etária permitida, quanto a imunizantes de fabricantes não permitidos para a idade.

Conforme tabela extraída da Rede Nacional de Dados da Saúde e que consta na manifestação da AGU, disponibilizada pela Agência Brasil, 43 crianças de MS de até quatro anos foram vacinadas, sem respaldo da Anvisa ou do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação.

Outro fator ocorrido no Estado é a vacinação do público de 5 a 11 anos, com imunizantes da Coronavac, Astrazeneca e Janssem, sendo que a única aprovada pela Ansiva para aplicação nessa faixa etária é a Pfizer/BioNtech. Foram 32 casos registrados em MS.

A reportagem do Dourados News entrou em contato com a assessoria da Secretaria Estadual de Saúde (SES), mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria. 

Especificamente, foi questionado se aqueles que receberam essas doses estão sendo monitorados, quais os municípios onde ocorreram os erros e quais as providências que devem ser tomadas.

A reportagem apurou que o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, deve falar sobre essa questão em entrevista coletiva na quinta-feira (20), durante agenda em Dourados.

Situação no Brasil

Segundo a Agência Brasil, em meio à campanha de vacinação contra a covid-19, 57.147 crianças e adolescentes em todo o país foram imunizados com doses para adultos não autorizadas para aplicação em menores de 18 anos. Os equívocos ocorreram em todas as unidades federativas.  

Os dados constam em manifestação enviada nesta terça-feira (18) ao ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), pelo advogado-Geral da União, Bruno Bianco.

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou manifestação, em 48h, dos estados e do Distrito Federal sobre possíveis irregularidades na vacinação de crianças e adolescentes menores de 18 anos contra a covid-19.

A decisão se deu em pedido de tutela provisória incidental da Advocacia-Geral da União (AGU) na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 754.
*Tabela disponibilizada pela Agência Brasil.


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

NÚMEROS DA PANDEMIA

Brasil ultrapassa 666 mil mortos por Covid; média móvel é de 105

Corpo encontrado em rodovia é de paranaense de 63 anos 
DOURADOS

Corpo encontrado em rodovia é de paranaense de 63 anos 

Durante a Showtec, Renato Câmara ressalta apoio à agricultura
APOIO AO AGRO

Durante a Showtec, Renato Câmara ressalta apoio à agricultura

MARILENA

Sul-mato-grossense é morto no Paraná e polícia procura família

MERCADO FINANCEIRO

Dólar fecha em alta com foco dos mercados nos juros dos EUA

CAARAPÓ

Grávida morta com tiro na cabeça foi assassinada pelo próprio irmão

FÁTIMA DO SUL

Colisão entre caminhões em estrada vicinal matou motorista de 63 anos

CONGRESSO

Lincoln Portela é eleito vice-presidente da Câmara dos Deputados

CAPITAL

Justiça mantém prisão de vendedor de pães acusado de estuprar criança

NOVOS EDITAIS

TJ/MS vai leiloar mais de mil itens depositados judicialmente

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Homem morre e outro fica ferido em estado grave após acidente na Marcelino

DOURADOS

Vídeo mostra momento da colisão que terminou com morte de motociclista

MARCELINO PIRES

Vítima de acidente tinha 33 anos e era sargento na Venezuela antes de se mudar para Dourados

DOURADOS

Segunda vítima de acidente na Marcelino Pires morre no Hospital da Vida