Menu
Busca quinta, 22 de abril de 2021
(67) 99257-3397
REGIÃO

Acordo com MPE prevê multa e exoneração de servidores

27 fevereiro 2021 - 16h20Por André Bento

O MPE-MS (Ministério Público Estadual) tornou público extrato de termo de acordo de não persecução cível no qual dois servidores do município de Caarapó comprometem-se a pagar multa e pedir exoneração dos cargos na prefeitura. Também é mencionado um empresário e sua respectiva empresa.

Esses termos constam em edital assinado na terça-feira (23) pela promotora de Justiça Fernanda Rottili Dias, publicado na edição do Diário Oficial do órgão do próximo dia 1º de março e referem-se ao Inquérito Civil nº 06.2020.00001032-8. 

De acordo com o documento, os requeridos deverão, solidariamente, como meio de ressarcimento dos danos causados ao erário e responsabilização na esfera cível, ressarcir integralmente o erário municipal o valor de R$ 138.400,00 a ser destinado ao Fundo Municipal de Saúde de Caarapó. 

O montante será pago com uma entrada de R$ 41.520,00 e parcelado os R$ 96.880,00 restantes serão parcelados em 24 parcelas iguais e sucessivas de R$ 4.037,00, com vencimento todo 5º dia útil, com início no mês seguinte após ciência da homologação judicial. 

Outro termo do acordo prevê que os compromissários obrigam-se a não contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos (nos contratos uniformes). 

Quanto aos servidores, também devem renunciar às funções públicas de secretário de Suprimento e Logística e assessor de Gabinete na Prefeitura Municipal de Caarapó. 

Um deles, efetivo, deve ser comprometer ainda a não exercer qualquer tipo de cargo comissionado, no prazo de quatro anos, bem como de não ser fiscal de contrato/convênio.

O MPE impôs também exigência para que compareçam sempre que notificados e esclareçam todos os atos ilícitos relacionados ao inquérito civil, fornecendo informações e evidências que estejam ao seu alcance, bem como indicando provas potencialmente passíveis de obtenção. 

Isso tudo para identificação de autores, coautores, participes e testemunhas dos fatos, revelação de eventual estrutura hierárquica ou divisão de tarefas dos envolvidos, e recuperação dos valores pagos ilegalmente a qualquer título aos investigados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Capitão Contar defende PL que pede placas informativas em obras públicas
LEGISLATIVO DE MS
Capitão Contar defende PL que pede placas informativas em obras públicas
Corinthians estreia na Sul-americana no Paraguai contra o River Plate
FUTEBOL
Corinthians estreia na Sul-americana no Paraguai contra o River Plate
Ciclista morre após ser atropelado enquanto explorava nova trilha
TERENOS
Ciclista morre após ser atropelado enquanto explorava nova trilha
MS espera produzir 9 milhões de toneladas de milho, mas estiagem já preocupa
AGRONEGÓCIO
MS espera produzir 9 milhões de toneladas de milho, mas estiagem já preocupa
Mentiras e covardias - mais um caso de omissão na violência doméstica
ARTIGO
Mentiras e covardias - mais um caso de omissão na violência doméstica
PORTO MURTINHO
Contorno rodoviário garante agilidade e exportação recorde em hidrovia
BR-163
Homem é preso por receptação ao ser abordado conduzindo veículo furtado
ENTRETENIMENTO
Jogos de cassino online: a melhor maneira de se divertir
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 2,5 milhões nesta quinta-feira
DOURADOS
Discussão entre casal termina em homem ferido com facada na mão

Mais Lidas

TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados
CLIMA
Dourados pode ter mínima abaixo de 10 graus na próxima semana, indica previsão 
BR-163
Mulher encontrada carbonizada estava desaparecida desde sábado
DOURADOS
Grupo receberia comissão se conseguisse negociar carga de maconha no Água Boa