segunda, 15 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
MARACAJU

Veículo do Exército capota e três militares ficam feridos

29 setembro 2017 - 10h59

Três militares do Exército Brasileiro ficaram feridos depois que a viatura em que estavam capotar na rodovia MS-382, próximo ao município de Maracaju. O acidente aconteceu na tarde desta quinta-feira, dia 28 de setembro.

Segundo informações do site Maracaju Speed, por volta de 15 horas, o cabo Marcos R. Franco dirigia o veículo pela rodovia quando perdeu o controle da direção e a viatura capotou.

Além de Franco, outro cabo do Exército, identificado como Claudio C.S.D Junior e o tenente João A.B. Filho estavam na viatura.

Eles foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para o hospital de Maracaju. O estado de saúde deles não foi informado.

As circunstâncias do acidente serão investigadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA

Brasil chama embaixador na Argentina para consultas sobre Milei

Motorista que atropelou e matou motociclista é condenado

JUDICIÁRIO

Abin Paralela: Moraes retira sigilo de áudio de conversa de Bolsonaro

PORTO MURTINHO

Secretária de finanças é indiciada por simular sequestro para dar golpe

EDUCAÇÃO

Ex-alunos da UFGD têm oportunidade de voltar para a faculdade

CORUMBÁ

Polícia prende três transportando maconha pela rodovia BR-262

FUTEBOL

Federação confirma confrontos das quartas de final do Estadual Sub-20

PARAÍSO DAS ÁGUAS

Morre pedagoga que sofreu acidente ao deixar evento de motos

MERCADO FINANCEIRO

Dólar ameniza alta e fecha em R$ 5,44, após atentado contra Trump

FUTEBOL

CBF agenda sorteio da Copa do Brasil para quinta-feira

Mais Lidas

OPORTUNIDADE

Com recrutamento noturno, indústria abre 400 vagas de trabalho em Dourados

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

DOURADOS

Dupla acusada de furtar comércios e deixar prejuízo estimado em R$ 100 mil a empresários é presa

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho