Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
RIO VERDE

Trans denuncia prefeito à polícia depois de ouvir que "não tem utilidade"

06 agosto 2020 - 21h35Por Da Redação

A cabeleireira Thayla Almeida, transsexual moradora de Rio Verde de Mato Grosso, cidade localizada na região Norte do Estado, foi à polícia denunciar o prefeito Mário Alberto Kruger (PSC) por injúria depois de ouvi-lo dizer em programa de rádio que ela “não tem utilidade nenhuma”. Thayla diz que vai processá-lo.

Tudo aconteceu no fim do mês passado, depois que a cabeleireira postou em rede social vídeo criticando a administração de Kruger por, em oito anos de mandato, não conseguir levar o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a cidade. Veja:

Consta no boletim de ocorrência, registrado no dia 27 de julho, que dias depois, no programa da rádio Alô Rio Verde, o prefeito fez comentários sobre o vídeo. Gravação foi enviada para a cabeleireira por conhecidos, pois sabiam que o mandatário estava se referindo a ela.

No programa, ele diz: “eu não sei que tipo de tratamento eu vou dar a essa pessoa que falou a respeito do Samu e inclusive citou meu nome. É muito feio, não sei que termo vou usar para te qualificar”.

E continua: “se você tivesse um pouco de hombridade, um pouco de caráter, você seguiria sua tendência natural. Então não vou entrar nesse detalhe, porque eu não quero sofrer a abertura de um processo porque você não tem utilidade nenhum para Rio Verde, nunca vi fazer alguma coisa de bem. Agora, eu posso ter meus defeitos, e o Samu tá aí, queimou a língua viu língua preta?”. Veja:

A cabeleireira afirma ainda que não há por que ter dúvida sobre como se referir a ela, basta tratá-la como cidadã. “Pago imposto, sou ser humano, sou nascida aqui. Sou transsexual desde os 16 anos, tenho 40. Todo mundo me conhece como Thayla”.

Já o prefeito disse ao site Campo Grande News que a denúncia é infundada e que a cabeleireira “quer manchete”. “Não sou candidato e não tenho preocupação nenhuma, vou responder quando for chamado. Vou vencer e vou agir para que ela se responsabilize pelos seus atos”, afirmou sobre a possibilidade de ter de responder judicialmente pelo comentário.

Kruger acrescenta que não citou nomes no programa de rádio e somente respondeu a críticas. “Já processou todo mundo, fez uma opção sexual e não tem coragem de encarar. Ela quer manchete”.

O chefe do Executivo de Rio Verde revelou que a ambulância do Samu já está na cidade e que na terça-feira que vem, dia 11, vai inaugurar o serviço. Uniformes para a equipe foram entregues nessa quarta-feira (5). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Senador Nelsinho Trad conquista mais R$ 38 milhões da União para MS
UFGD
Workshop de Plantas Medicinais será realizado em formato online
BONITO
Quartel do Corpo de Bombeiros terá investimento de R$ 3,1 milhões
AMAMBAI
Homem é preso acusado de estuprar três filhas e engravidar uma delas
TEMPO
Quinta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
COVID-19
Major da reserva da PM morre em decorrência do novo coronavírus
REPARAÇÃO HISTÓRICA
Volks faz acordo para reparar violações dos direitos humanos na ditadura
CAMPO GRANDE
Homem invade casa da ex e agride atual com socos e golpe de marreta
BRASIL
Caixa Econômica lança a "Super Sete" nova modalidade de loteria
POLÍCIA
Homem morre ao tentar invadir delegacia de Glória de Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada