Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
FRONTEIRA

Suspeitos de esquartejar adolescente são presos no Paraguai

05 dezembro 2019 - 15h50Por Da Redação

Três homens suspeitos pelo assassinato de um adolescente de 14 anos foram presos na tarde desta quinta-feira (5/12) em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, fronteira com o Brasil através de Ponta Porã. Eles estavam numa casa localizada no bairro São Geraldo, periferia do município do país vizinho. 

Segundo o MS em Foco, no local foram encontradas quatro pás, roupas e um facão que teriam sido usados para esquartejar a vítima e depois enterrar.

O corpo do menor estava dentro de um galão, próximo ao rodoanel, em Ponta Porã, quando populares o encontraram nesta manhã. 

Os nomes dos suspeitos presos não foram divulgados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Três são baleados próximos a penitenciária; criança está entre as vítimas
DEZEMBRO VERMELHO
Ação pelo Dia Mundial de Combate à Aids atendeu quase 200 pessoas em Dourados
Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em Amambai
ACIDENTE
Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em Amambai
CAMPO GRANDE
Nova fase da Operação Ormetà cumpriu 13 mandados de prisão preventiva
Policial paraguaio morre após ser baleado durante confronto em fazenda de brasileiro
FRONTEIRA
Policial paraguaio morre após ser baleado durante confronto em fazenda de brasileiro
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta nesta quarta após forte queda na terça
REGIÃO
Carreta da Justiça atende em Jateí e segue para Vicentina
ECONOMIA
Governo busca linha de crédito específica para o Pantanal
CESTA BÁSICA
Pesquisa indica variação de 58% no preço do feijão e 38% no arroz em Dourados
CONDENAÇÃO
Banco indenizará empresa após denúncia de fraude em aplicativo

Mais Lidas

PANDEMIA
Casos de coronavírus levam fechamento de três agências bancárias em Dourados
PODER PÚBLICO
Gaeco volta às ruas de Dourados com nova operação
BR-376
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul deixa um morto e dois feridos
CAMPO GRANDE
Homem apontado como parente de Rafaat é executado em frente a presídio