Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
CAMPO GRANDE

Suspeito é encontrado e preso três anos após estuprar enteada

29 novembro 2017 - 19h05

Três anos depois de estuprar a enteada, na época com 8 anos, um homem de 33 anos foi preso pelo crime na manhã desta quarta-feira (29), em Campo Grande.

De acordo com o delegado Paulo Sérgio Lauretto, quando foi ouvida pela polícia, a menina contou que o padrasto e a mãe, de 37 anos, mantinham relações sexuais na presença dela. Segundo o site Midiamax, em depoimento, a vítima disse ainda que a mãe a obrigava a participar do ato e sabia dos abusos cometidos pelo suspeito.

A mãe foi ouvida e negou o crime. Como foi encontrada quando teve de prestar depoimento, a auxiliar de serviços não teve prisão decretada. Já o marido, que é serralheiro, não foi localizado na época e por isso, teve pedido de prisão expedido.

Ele foi preso nesta quarta-feira e encaminhado para o Instituto Penal de Campo Grande, três anos após o crime.

A menina, hoje com 11 anos, está com parentes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGILIDADE
Detran/MS estreia auto-atendimento com totens para nesta quarta-feira
MS-164
Polícia apreende caminhão com quanse duas toneladas de maconha
TEMPO
Quarta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
Tio-avô prende menino de dois anos com coleira de cachorro e filma
PRESIDENTE INVESTIGADO
STF escolhe o novo relator do inquérito sobre Bolsonaro e Moro
JUSTIÇA
Juiz concede prisão domiciliar a mulher que entregou depósito de ‘skunk’
ANIVERSÁRIO
Curso de Direito da UFGD completa 20 anos e recebe moção da OAB-MS
POLÍCIA
Dado como desaparecido, motorista de aplicativo estava em corrida
BRASIL
Senado aprova indicação do ministro Jorge Oliveira para vaga no TCU
CAPITAL
Menino de 3 anos que se afogou em piscina está em estado gravíssimo

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
CONTRABANDO
Depósito de cigarros paraguaios é desarticulado após denúncia em Dourados